Bebês

A ideia de uma mãe e uma luva mudaram tudo… Veja o que aconteceu!

A preocupação e o amor são capazes de tudo

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: reprodução youtube)

(Foto: reprodução youtube)

A gente sabe que é capaz de tudo para ver nossos filhos bem e, algumas de nós, mães, passam por situações tão difíceis que vão além do que se espera. Foi o caso da Yamile Jackson. Ela estava muito animada para esperar o primeiro filho quando, no sexto mês, desenvolveu um caso sério de pré-eclâmpsia (uma condição perigosa que causa pressão alta, entre outras coisas).

A condição dela acabou dificultando a gravidez e, para salvar o filho, decidiu não esperar e dar à luz naquele mesmo mês. Com 12 semanas antes da hora, Zachary chegou ao mundo pesando quase 1 kg e teve que passar os primeiros 155 dias na UTI.

É claro que Yamile ficava todos os dias, o tempo todo do lado do bebê, mas o hospital não permitia que ela ficasse durante a noite. Cada vez que saia do hospital, ficava despedaçada. Imagina só, você acabou de conhecer a pessoa que mais ama no mundo e não pode cuidar dela o tempo inteiro. E pior, em um lugar frio e tão impessoal, sem o calor da mãe.

Anúncio

FECHAR

A Ideia

(Foto: reprodução youtube)

(Foto: reprodução youtube)

Ela começou a pensar em como fazer Zachary sentir que ela estava lá cuidando dele, mesmo quando não podia e teve uma ideia um tanto quanto genial: preencher uma luva de látex com sementes (luvas que são usadas para jardinagem ou lavagem) e colocá-la de lado, em cima do bebê para que ele sentisse que alguém estava ali o tempo inteiro. E mais, ela abraçava a luva constantemente para que o cheiro dela ficasse impregnado com seu aroma e o bebê pudesse perceber sua presença.

Depois que o filho estava são e salvo em casa, recebendo carinho e atenção 24 horas por dias, ela não parou de pensar nos outros bebês prematuros que ficavam na UTI na mesma situação que o filho. Então se dedicou a fazer mais luvas preenchidas com sementes e doou todas ao Hospital, com a promessa de melhorá-las para continuar ajudando mais bebês prematuros. E surpresa: a luva não só conforta o bebê e imita a sensação de toque dos pais, mas também ajuda na auto-regulação da respiração e reduz os episódios de falta de oxigênio.

Com essa ideia, Yamile fundou a empresa Natured by Design e recebeu uma grande concessão da famosa Opra Winfrey, que é apaixonada por ajudar os outros. Sabe como ela patenteou a ideia? Zaky.

Hoje, um projeto de pesquisa clínica independente estudou o funcionamento do Zaky e concluiu que os bebês que a usam (sempre com o cheiro da mãe ou pai) não registraram episódios de falta de oxigenação, ao contrário daqueles que usavam a luva sem aroma familiar, que só foi reduzido em um terço das complicações comuns.

É incrível e emocionante o que o amor de uma mãe pode fazer, não só pelo próprio filho, mas para outros tantos bebês em situações difíceis.

Leia também:

Huggies lança fralda para bebês prematuros com menos de 1kg

10 coisas que você precisa saber sobre bebês prematuros

Você já imaginou o poder do abraço para um prematuro?

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não
Envie sugestões
×

Envie suas sugestões