Bebês

Que desespero! Mãe dá à luz ao 6º filho no corredor do hospital

O bebê nasceu menos de 25 minutos após bolsa se romper, veja as fotos

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: Tammy Karin/Little Leapling Photography para G1)

(Foto: Tammy Karin/Little Leapling Photography para G1)

Esse aí nasceu já com pressa. Os pais até tentaram correr para chegar a tempo, mas o bebê decidiu nascer fora do quarto mesmo, bem no meio do corredor de emergência, e que emergência! A fotógrafa Tammy Karin registrou o acontecimento do dia 24 de julho de 2017, nos Estados Unidos, e decidiu compartilhar as fotos no sábado, 3.

Jesica Wright Hogan já era mãe de cinco meninas e conta para o G1 que desde o início, a gravidez foi, no mínimo, imprevisível. Ela chegou ao hospital às 5h da manhã, com as contrações acontecendo a cada 3 minutos. Depois de quatro horas de trabalho na banheira e caminhada pelos salões da emergência, ela e o marido decidiram manter o plano de um nascimento natural e livre de intervenção.

Então saíram do hospital já que as contrações ficaram mais espaçadas. Mas, às 2h da manhã ela comenta que começou a falar com outras mães em um grupo porque estava com medo de não chegar a tempo no hospital por conta das contrações.

Anúncio

FECHAR

Jesica ficou acordada até as 2h e disse que até chegou a escrever para um grupo de outras grávidas, se queixando das contrações e do medo de não chegar ao hospital a tempo. “Ah, essa intuição é real. Se eu tivesse dado crédito para essa voz que estava na minha cabeça naquela noite! No lugar disso, decidi finalmente que iria dormir um pouco, certa de que saberia quando era a hora. Afinal, era meu 6º bebê.”

Mas bem sabemos que cada filho é um ser único e diferente e Maxwell decidiu chegar chegando. A mãe  acordou cerca de 1 hora depois, com uma longa contração e chegou à conclusão: “Travis, acho que é isso”. E, assim, a bolsa estourou.

(Foto: Tammy Karin/Little Leapling Photography para G1)

(Foto: Tammy Karin/Little Leapling Photography para G1)

As contrações passaram de “desconfortáveis” para “dolorosas em um piscar de olhos” e ela disse que o marido garantiu que conseguiriam chegar ao hospital. O pai dirigiu rapidamente até o hospital enquanto Jesica mandava uma mensagem para a fotógrafa, Tammy.

(Foto: Tammy Karin/Little Leapling Photography para G1)

(Foto: Tammy Karin/Little Leapling Photography para G1)

Entre sair de casa após a bolsa romper e chegar ao hospital foram menos de 25 minutos. Quando chegou lá, ela disse que pensou: “Deus, ele já está aqui”. As enfermeiras chegaram correndo e, com mais um impulso e ajuda, o resto do corpo de Max apareceu.

(Foto: Tammy Karin/Little Leapling Photography para G1)

(Foto: Tammy Karin/Little Leapling Photography para G1)

(Foto: Tammy Karin/Little Leapling Photography para G1)

(Foto: Tammy Karin/Little Leapling Photography para G1)

Ela teve cinco filhos, mas a maternidade provou mais uma vez que a gente sempre vai ter surpresas (e muito gostosas!).

(Foto: Tammy Karin/Little Leapling Photography para G1)

(Foto: Tammy Karin/Little Leapling Photography para G1)

Leia também:

Três sinais de que é hora de ir pra maternidade

Boa alimentação no pós-parto também é essencial 

Existe jeito certo de fazer força durante o parto normal? Tire suas dúvidas! 

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não