Criança

Saiba quais exames são necessários para seu filho e quando evitá-los

Descubra quais deles são realmente necessários.

Logo-Parents (1)
Jade Lourenção

Jade Lourenção ,Filha de Rosana e Ricardo

medico-gMilhares de crianças são submetidas a exames desnecessários todos os anos. Veja abaixo uma lista dos mais comuns

Tomografia para uma protuberância na cabeça

Aproximadamente metade das crianças que visitam o pronto-socorro com uma anomalia na cabeça são levadas para a tomografia. Esse tipo de exame faz vários Raios-X ao mesmo tempo para criar uma imagem em 3D do cérebro, e a radiação usada pode aumentar o risco de câncer, especialmente em meninas e crianças abaixo de 5 anos.

Anúncio

FECHAR

Quando fazer esse exame:  Seu filho precisa de uma tomografia apenas se estiver muito letárgico ou se irritando facilmente, vomitando, com muita dor de cabeça, perda de visão e audição, tontura ou falta de equilíbrio.

Teste de alergia por conta de uma brotoeja ou espirros constantes

Quando seu filho parece estar tendo uma reação alérgica à uma coisa, é natural querer que ele faça vários exames por precaução. Mas exames de sangue e na pele as vezes podem mostrar reações positivas quando a criança tem uma sensibilidade maior e não uma alergia, o que pode levar a uma reação imunológica muito mais forte.

Quando fazer esse exame: um histórico familiar e pessoal vai ser o guia para seu pediatra. Se seu filho espirra depois de jogar futebol em um campo de terra, mas não tem problemas com pelos de gato, um exame apenas para alergia a pólen é suficiente.

Exame de colesterol para uma dieta baseada em pizza e batata frita

Se seu pediatra pedir um exame de sangue para ver o colesterol LDL (ruim) do seu filho, ele pode estar pensando em um distúrbio genético chamado hipercolesterolemia familiar, que atinge pessoas que tem colesterol alto por conta de má alimentação e falta de exercícios.

Quando fazer esse exame: Fale com seu pediatra sobre o histórico de sua família e também sobre a alimentação, peso e saúde do seu filho.  Porém, alguns pediatras acreditam que esse tipo de exame faz com que as crianças mais velhas queiram mudar sua alimentação para melhor.

Tomografia por convulsão febril

Um pico de febre muito alta pode levar a convulsões que duram desde alguns segundos até 15 minutos.  Elas são chamadas de convulsões febris e não causam epilepsia nem danos ao cérebro.

Quando fazer esse exame: Apesar de que essa convulsão possa ser muito assustadora, você deve considerar um exame de imagem apenas se ela vier acompanhada de: vômito, problemas respiratórios, pescoço rígido ou se seu médico notar alguma anormalidade na cabeça como trauma ou aumento de pressão intracraniana.

Leia Também:

Exercício durante a gravidez pode contribuir para um parto mais saudável

Planejamento é tudo! Entenda a importância do plano de parto

4 maneiras de evitar tombos durante a gravidez 

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não
Envie sugestões
×

Envie suas sugestões