Criança

Uma criança não precisa comer todas as frutas e todos os legumes, isso é mito!

Tire suas dúvidas sobre apetite com o dr. Claudio Len, pai de Fernando, Beatriz e Silvia, pediatra e nosso megaconsultor

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: iStock)

(Foto: iStock)

Sabia que você pode resolver o problema de apetite do seu filho  apenas sentando para comer com ele?  O exemplo dos pais é decisivo para a mudança de comportamento. Comer bem pode ser bem simples, não?

Pergunta da Jéssica Pereira, mãe do Gabriel: O meu filho de 5 anos come bem, e tenho notado que, às vezes, é além da conta, mesmo sem estar com fome. Já chegou, inclusive, a passar mal de tanto comer. Isso é normal ou pode ser ansiedade?

São vários os motivos que levam uma criança a comer mais do que precisa: hábitos inadequados, ansiedade, stress, excesso de oferta e mais raramente alguma doença, como a verminoses. O melhor é fazer uma consulta com o seu pediatra, que vai fazer um diagnóstico com base na história clínica, em um interrogatório alimentar, exame físico com controle de peso e estatura e outros exames, caso necessário.

Anúncio

FECHAR

Pergunta da Fernanda Fischer, mãe da Mariana: Minha filha não come comida há 20 dias. Só toma suco, leite, água e come torrada. Depois que ela tomou antibiótico, o apetite dela acabou. O que eu faço?

Este é um típico erro alimentar, e não tem nada a ver com o antibiótico. Você está “matando” a fome da sua filha com leite e frutas. Deixe ela ter fome, limite a ingestão desses alimentos. O leite pode ser dado pela manhã e no lanche da tarde. Dar suco uma vez ao dia está pra lá de bom. O mesmo vale para as torradas, pães e doces.

Pergunta da Alessandra de França, mãe da Haitza: Minha filha acabou de fazer 4 anos e come pouco. Parece que não gosta de mastigar. O que faço para mudar isso?

O estímulo mais indicado para a melhora do apetite é a fome. Muitas crianças “não comem bem” porque têm hábitos alimentares inadequados e usam as refeições para chamar a atenção dos pais. Recomendo que você evite demonstrar que está preocupada e que institua alguns hábitos que costumam ajudar, como montar o prato e aguardar uns 20 minutos para que ela coma sem insistir e manter uma rotina rigorosa de horários para comer e dormir.

Pergunta do Nicácio Belfort, pai do Ben: Meu filho come pouco. Ele só gosta de alguns tipos de fruta. Posso dar alguma vitamina para ele?

As vitaminas não ajudam no aumento do apetite. Essa não seria a solução. Com relação às frutas e demais alimentos, não há uma necessidade de variação intensa. Uma criança não precisa comer todas as frutas e todos os legumes, isso é mito! Ofereça as duas ou três frutas preferidas, especialmente na hora do lanche. E bons hábitos alimentares são o melhor tratamento para alcançar uma rotina saudável para o seu filho.

Leia também:

Retrospectiva Pais&Filhos 2017: a foto que mais bombou no nosso Insta teve mais de 36 mil likes!

“Assim são meus dias: com a criança mais maravilhosa do mundo!”, conta Magali Rodrigues 

Google divulga lista dos melhores apps e jogos de 2017 para crianças 

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não
Envie sugestões
×

Envie suas sugestões