Família

Relato de mãe: “Meus dois filhos foram diagnosticados autistas”

Camila participou do projeto “Lá em casa é assim” e conta como são os desafios da rotina dos gêmeos Murilo e Alice

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: Acervo Pessoal)

A Camila Félix participou do projeto “Lá em casa é assim”, parceria da Pais&Filhos com a Natura Mamãe e Bebê, e fez um lindo relato sobre como foi lidar com a notícia do diagnóstico de autismo de seus dois filhos. Venha conferir:

“Sempre sonhei em ser mãe, mas nunca imaginei que a maternidade seria tão desafiadora para mim.

Demorei muitos anos para engravidar, tive uma perda gestacional de gêmeos e precisei de ajuda médica para engravidar novamente. Quando consegui, descobrimos que eram trigêmeos. Dois meninos e uma menina. Nem os médicos acreditavam!

Anúncio

FECHAR

Foi uma gestação muito difícil e delicada. Precisei ficar de cama desde o começo, parei de trabalhar e, ao contrário da maioria das mulheres, ganhei muito pouco peso.

Entrei em trabalho de parto com 25 semanas e fiquei um mês internada. Meus filhos nasceram com 27 semanas de gestação.

Ali começava a fase mais difícil de nossas vidas. Por mais apoio da família e amigos que tivéssemos, só tínhamos a Deus e um ao outro!

Um dos nossos filhos, Miguel, infelizmente, faleceu com 24 dias de vida. Foi a dor mais devastadora de nossas vidas.

Nosso casal, Murilo e Alice, ficou na UTI por 95 dias e, após muitas intercorrências, conseguimos ir para casa.

Não podíamos receber visitas, nem ter muita ajuda pois eles não podiam ter contato com outras pessoas.

Quando a vida parecia estar entrando em ritmo comum e natural, meus filhos começaram a apresentar alterações de comportamento e foram diagnósticos autistas. Os dois! Ainda estamos tentando superar a fase de aceitação e nos estruturamos novamente.

Eles são encantadores e tem nos ensinado tanto! Moramos afastados e temos pouca ajuda, mas, apesar de todas as dificuldades, seguimos com amor e fé!”

Leia também

“Quando exercitado, o coração aumenta de tamanho. Foi o que aconteceu com a gente e o resultado é ainda mais amor!”, conta Paola Dale

“A maternidade veio para me mostrar o que era felicidade de verdade”, afirma Lia Cassano

Lá em casa é assim: “Morar em uma casa compartilhada é entender que o mundo é muito maior”

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não
Envie sugestões
×

Envie suas sugestões