11 coisas que você vai sentir falta quando o seu bebê crescer

O tempo voa e, logo mais, essa fase passa

11-coisas-que-voce-vai-sentir-falta-bebe (1)
(Foto: Shutterstock)

É difícil entender que os primeiros meses do seu filho não duram para sempre. Mas todo mundo a sua volta irá dizer que ela passa num piscar de olhos. Na lembrança, ficam alguns momentos fofos, como o rostinho do seu filho, que tinha o poder de relaxar mais do que qualquer aula de yoga. Pensando nisso, a revista norte-americana “Parents” separou 11 coisas que, provavelmente, você vai sentir falta quando o seu bebê não for mais um bebê.

-Publicidade-

1. Fofura do bebê

Tem coisa no mundo mais fofa do que as bochechas de um bebê ou então suas dobrinhas no pescoço, coxas e pulsos?

-Publicidade-

2. Gritos espontâneos de felicidade

Como ondas de felicidade, os gritos do bebê são altos e fortes e não têm aviso prévio. É como se aquele corpinho pequeno não conseguisse conter a sua própria energia e tivesse que liberá-la de alguma forma.

 

Leia também

Dicas para aproveitar os pequenos momentos com seus filhos com qualidade

Os gestos do seu bebê dizem muito! Saiba como entender

Orgulho! Veja 9 coisas que seu bebê aprende todo dia e você nem imagina

 

3. Simples prazeres

Com a chegada do bebê, você deve ter aprendido a apreciar a vida com mais calma. Você também começa a reparar em coisas simples, como as formigas que atravessam a calçada ou o número de carros estacionados na rua.

Tudo para isso porque o seu filho está experimentando o mundo pela primeira vez e você quer apresentar cada detalhe do mundo para ele.

4. Roupinhas fofas

Mini-quimonos, calças coloridas, roupas de bichinhos, toucas divertidas… Não há nada mais fofo do que escolher o look do dia do bebê. Depois dessa fase, as roupas se resumem a uma ladeira abaixo até as camisetas de super-heróis e as meias esportivas.

5. Frequência constante de visitas

Os seus amigos e seus membros da família não vão aguentar ficar alguns dias sem ver o seu filho e, logo, passarão a fazer parte da sua casa também. Com o crescimento, a frequência de visitas vai diminuir.

6. Carrinho de bebê

Talvez você tenha uma relação de amor e ódio com ele. Todos concordamos que o carrinho de bebê é necessário, mas é muito chato andar por aí com ele. Muitos lugares não possuem acessibilidade com rampas, outros são caminhos muito estreitos.

Mas quando seu filho não é mais um bebê, ele poderá sair andando por aí explorando o mundo com seus próprios pés. Com certeza, o tempo para fazer uma pequena caminhada ficará maior e você se lembrará do carrinho como uma boa lembrança de quando você tinha total controle da situação.

7. Cheirinho de bebê

O cheirinho de bebê é irresistível. Aproveite porque as meias suadas e fedidas do pós-escola vão chegar.

8. As primeiras vezes

O primeiro piquenique, o primeiro passeio de metrô, a primeira ida à praia. À medida que o seu filho vai descobrindo o mundo, você também vai se transformando ao lado dele. E isso é maravilhoso! E vale registrar cada momento!

9. Melhor companheiro de viagem

As viagens são bem mais fáceis quando o bebê é mais novo. Se vocês estivessem atrasados, era só pegar o filho no colo e correr para o portão de embarque. Além disso, o bolso também agradecia bem mais: viajar no colo, fosse pelos ares ou por terra, por avião ou trem, poupa o dinheiro de uma passagem.

10. A soneca depois da comida

Você deve amar alimentar o seu bebê. Além de um momento de tranquilidade, ele traz as famosas sonecas pós hora do lanche. E é um sono doce e sereno, que cura qualquer mau humor.

11. Hora da soneca

O seu filho pode fazer de tudo para manter você acordada durante a noite, mas pode admitir que as sonecas que ele dá durante o dia são as melhores. Pode até ser ruim ter que dividir o seu dia em antes e depois do momento da soneca, mas você deve pensar do lado positivo. Era um momento para se jogar no sofá ou então, simplesmente fazer o que tinha que fazer usando as duas mãos.

-Publicidade-