5 mitos sobre banho do bebê que não passam de conversa fiada

Quando se trata dos cuidados com o seu filho você vai ouvir cada conselho que parece até mentira (e boa parte é mesmo)! Por isso sempre pesquise e converse com o pediatra antes de tomar qualquer decisão baseada em palpites de amigos

Resumo da Notícia

  • O bebê requer cuidados diferentes do adulto, uma vez que a pele não está totalmente desenvolvida
  • Na hora do banho, isso também vale, porém nem tudo o que você escuta por aí é verdade
  • Desmistificamos alguns mitos para você garantir um banho seguro e proveitoso

Cada etapa nos cuidados com o bebê virá recheada de comentários das pessoas que te cercam como família, amigos e principalmente outras mães e pais sobre como você deve fazer determinada coisa. Com o banho do seu filho não será diferente. Por isso, desmistificamos aqui cinco mitos sobre esse momento da rotina que não passam de conversa fiada!

-Publicidade-
Desmistificamos alguns mitos sobre o banho do bebê para você aproveitar com segurança
Desmistificamos alguns mitos sobre o banho do bebê para você aproveitar com segurança (Foto: Getty Images)

1. Não precisa filtrar água para dar banho no bebê

Você pode usar a água do seu próprio chuveiro para dar banho na criança, não é necessário filtrar ou usar a água que vocês bebem em casa. Mas anota aí: existe, sim, a temperatura ideal. Faça com que a água esteja morna – entre 38,8˚C e 37,5˚C. Este ponto é suficiente para que o seu filho consiga controlar a temperatura do próprio corpo. Para saber se a água está na temperatura certa, utilize um termômetro.

2. O bebê não sente dor para limpar o umbigo

Não tenha medo na hora de limpar o coto umbilical do seu filho, porque ele não sente dor. A limpeza é bem parecida com o restante do corpo, deve ser feita com água e sabonete neutro. Seque levemente, depois, com uma toalha e finalize com uma haste flexível umedecida em álcool 70%, passe ela em volta e na base do coto.

3. Tudo bem virar o bebê de costas durante o banho

Ele vai até curtir! Principalmente se o seu filho começar a chorar, teste deixá-lo de costas, apoiado em uma de suas mãos enquanto faz a higiene com a outra. Essa posição é superconfortável, ao contrário do que algumas pessoas dizem, e o choro pode parar completamente.

O banho do bebê merece cuidados especiais, mas cuidado com os palpites que você escuta por aí
O banho do bebê merece cuidados especiais, mas cuidado com os palpites que você escuta por aí (Foto: Getty Images)

4. Banho todo dia, pode, sim!

Embora durante os primeiros meses, os bebês não entrem em contato com tanta sujeira, tudo bem dar banho todos os dias. Esse momento é muito relaxante para a criança e também ajuda a dormir melhor.

5. Se preocupe com as correntes de ar

A preparação para o banho é muito importante. Checar se as portas e janelas estão fechadas antes de tirar as roupas do bebê ou preparar a água é essencial. Se estiver no inverno ou a casa estiver muito fria, procure usar um aquecedor de ar para trazer uma temperatura agradável para a criança.

Conheça a linha de shampoos e condicionadores da Granado para bebês
Conheça a linha de shampoos e condicionadores da Granado para bebês (Foto: Divulgação/Granado)

Mas tem uma coisa que não é mito sobre o banho do bebê: é necessário usar produtos feitos e testados para essa faixa etária, uma vez que eles ainda estão em desenvolvimento e requerem alguns cuidados especiais, diferentes dos adultos. Pensando nisso, a Granado tem produtos para hora do banho do seu bebê testados e aprovados, com um aroma gostoso que vai ficar na sua memória olfativa para sempre.

A Granado possui sabonetes líquidos e cremosos pensados para a pele sensível do bebê
A Granado possui sabonetes líquidos e cremosos pensados para a pele sensível do bebê (Foto: Divulgação/Granado)