Bebês

8 dicas para você entender o sono do seu bebê

As noites em claro estão chegando ao fim e te ajudamos a organizar essa nova rotina

Logo-Parents (1)
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

baby-sleeping-on-blue-blanket-picture-id660340904

(Foto: iStock)

Após muitas noites sem dormir, chegou o momento em que seu filho terá uma rotina de sono. Agora, é mais fácil e provável passar uma noite inteira sem acordar. Para entender melhor o sono do seu bebê, separamos 8 dicas que podem te ajudar nessa nova fase.

Horas de sono

Agora, o relógio interno do seu bebê começou a funcionar e ele consegue diferenciar dias e noites. Ele deve estar direção a estabelecer um padrão de sono. Durante esse tempo, os bebês precisam de uma média de 14 horas de sono por dia. Aos 4 meses de idade, um bebê pode dormir 8 horas por noite sem ser alimentado. Aos 5 meses, ele pode dormir 10 ou 11 horas direto. Os bebês dormirão de 4 a 5 horas, espalhadas em três sonecas. Aos 6 meses, os bebês precisam de uma média de 11 horas ininterruptas de sono por noite e quase 4 horas de soneca durante o dia.

Hora de mudar?

Esse é o momento em que o bebê está muito grande para o cesto e é transferido para o berço, preferencialmente em seu próprio quarto, onde ele pode dormir sem ser interrompido. Mas e se você usa berço de cabeceira? “Se você gosta da ideia de usar esse tipo de berço, mas não consegue descansar, considere uma mudança”, conta Kim West, conhecido como “The Sleep Lady”. E não se sinta mal se você decidiu colocá-lo para dormir em outro quarto. “É difícil ser uma mãe maravilhosa, compreensiva e alegre se você está constantemente lutando para manter seus olhos abertos. Exaustão prolongada pode ser um fator de risco para desencadear depressão”, explica West.

Seja firme

As crianças precisam de uma rotina, então é importante estabelecer uma hora de dormir para ele. “Uma vez que o relógio interno dele está funcionando, você vai perceber que ele tem uma preferência pelo momento que ele vai dormir”, conta Nadav Traeger, diretor da pediatria no Hospital Infantil Maria Fareri, no Centro Médico de Westchester. Você conhece que a “hora encantada” que muitas mães de primeira viagem falam sobre? Isso geralmente acontece às tardes, e o primeiro motivo para isso acontecer é o cansaço do bebê. Então, se o seu filho inquieto perto das 18 horas, comece a leva-lo para cama às 17:30h, para que ele já esteja cochilando antes que a agitação comece.

Não diminua as sonecas

De acordo com West, uma soneca de 30 minutos não é mais suficiente. “Nesse momento, esses descansos são sobre duração e previsibilidade”, ela conta. “Treinar o hábito de cochilar é difícil para os pais. Bebês, assim