9 dicas para trocar a fralda do bebê e evitar assaduras

Todo cuidado é pouco na hora de trocar fralda. Veja o que você pode fazer para garantir uma limpeza completa e diminuir as chances de assaduras e irritações na pele do seu filho

Resumo da Notícia

  • Trocar as fraldas é um ato tão automático no dia a dia que acabamos não dando a atenção necessária
  • A pele do bebê é sensível e precisa de cuidados especiais
  • Separamos dicas que podem fazer a diferença para que seu filho fique livre de irritações e assaduras

Quem tem filho pequeno sabe: a troca de fraldas é uma atividade tão corriqueira, que nem sempre acabamos dando toda a atenção que ela merece. Acontece que a pele do bebê, principalmente na região do bumbum e das partes íntimas, é bem sensível e exige alguns cuidados especiais. Mas, usando os produtos certos e respeitando algumas regras de higiene, dá para garantir uma limpeza completa e ainda evitar as assaduras e irritações.

Alguns cuidados especiais ao trocar as fraldas do bebê fazem a diferença (Foto: Getty Images)

1) Lave bem as mãos antes 

O cuidado com a higiene deve começar por você. Antes de trocar a fralda do seu filho, lave bem as mãos com água e sabão. Assim, você diminui o risco de contaminá-lo com qualquer sujeira ou bactéria que pudesse existir ali.

2) Deixe separado tudo o que você vai precisar

A organização é uma aliada e tanto na hora da higiene do bebê. Antes de colocá-lo no trocador, já deixe separado tudo o que você vai precisar. Assim, os produtos ficam sempre à mão e você não corre o risco de parar o processo no meio do caminho. Tenha por perto fralda limpa, algodão, lenço umedecido, creme contra assaduras, água morna e uma fraldinha pano.

3) Troque as fraldas sempre

Não adianta economizar: as fraldas devem ser trocadas toda vez que o bebê fizer xixi ou cocô. No começo, prepare-se para fazer esse ritual cerca de 8 vezes por dia. Com tempo, esse número vai diminuindo. O importante é sempre ficar de olho para não deixar acumular. Quando o xixi ou o cocô ficam muito tempo em contato com a pele, aumentam as chances de assaduras e de proliferação de bactérias.

A pele do bebê é mais sensível na região íntima e precisa de atenção (Foto: Getty Images)

4) Fuja das receitas caseiras e das “fórmulas milagrosas”

Você provavelmente já ouviu falar em algum truque caseiro que ajuda a prevenir assaduras nas crianças.Tenha sempre muita cautela antes de testá-lo no seu filho. Desconfie e pense duas vezes, mesmo que a sugestão tenha vindo de algum familiar ou de alguém em que você confia muito. Na maioria dos casos, essas “receitas milagrosas” mais atrapalham do que ajudam. Quando o assunto é o cuidados com a pele do bebê, o pediatra é a melhor pessoa para te aconselhar. Na dúvida, converse sempre com ele antes.

5) Escolha bem os produtos

Sabe aquele ditado que diz que “o barato sai caro”? Ele também vale na hora de escolher os produtos para a pele do seu filho. Procure comprar sempre aqueles que são dermatologicamente testados e indicados para faixa etária. A Granado tem uma linha especial só para bebês e recém-nascidos, com lenços umedecidos e cremes contra assaduras.

6) Limpe sempre de frente para trás

Depois de tirar a fralda suja, pegue um algodão ou um lencinho umedecido e se prepare para começar a limpeza. Passe os lencinhos sempre de frente para trás, em um movimento único. É importante respeitar essa regra para evitar que bactérias do ânus cheguem até as partes íntimas, principalmente no caso das meninas. Use quantos lencinhos forem necessários até que tudo fique 100% limpo.

7) Deixe tudo bem sequinho

A pele molhada é um prato cheio para as assaduras. Por isso, depois de tirar a sujeira, seque a pele do seu filho com uma fraldinha de pano. Vale a seguir a mesma regra: com movimentos suaves e de frente para trás sempre!

Produtos específicos podem garantir que seu filho fique limpo e protegido (Foto: Getty Images)

8) Passe um creme contra assaduras

O próximo passo é hidratar e proteger a pele do seu filho. Para isso use sempre produtos indicados para recém-nascidos e bebês, como o Creme Contra Assaduras Dermocalmante da Granado. Mas atenção: a camada de creme deve ser bem fininha, para que a pele consiga respirar.

9) Não deixe a fralda apertada

Por último, é o momento de finalmente colocar a fralda limpa. Antes de colar as fitas adesivas, certifique-se de que a fralda não fique nem muito larga nem muito apertada. Deixar um dedo sobrando é importante para que a pele respire. Uma boa dica é também passar o dedo nas laterais das perninhas e deixar as abas para fora.