Bebês

Absurdo! Bebê precisa passar por cirurgia plástica após corte acidental em cesárea

Valenci teve o nariz cortado pelo bisturi do médico

Nathalia Lopes

Nathalia Lopes ,Filha de Márcia e Toninho

A menina ainda está em tratamento (Foto: Reprodução/Go Found Me)

Amber Woollard, mãe de Valenci, está lidando com uma situação muito complicada com a bebê de um ano. As duas foram vítimas de negligência médica durante uma cesárea e isso fez com que e a menina nascesse com uma cicatriz no nariz.

Valenci teve a parte de baixo das narinas cortadas com bisturi usado pelo médico durante uma cesariana de emergência. Amber conversou com o Daily Mail e disse que a menina precisará passar por várias cirurgias plásticas na tentativa de diminuir as cicatrizes causadas pelo corte.

Hoje, com um ano, a menina ainda tem no rosto a marca do descuido do obstetra. O pior de tudo é que, depois de colocar a sonda na bebê, o médico afirmou para a mãe que o corte era uma malformação genética. Ele só não esperava ser desmentindo pelas enfermeiras que acompanhavam o parto.

Valenci está sendo muito forte (Foto: Reprodução/Daily Mail)

E agora?

Amber levou a filha para uma consulta com um cirurgião plástico. Ele confirmou que era impossível a menina ter nascido com aquele corte. Além de confirmar a história da enfermeira, o médico ainda disse que Valenci terá que passar por pelo menos mais três cirurgias.

Como toda mãe ficaria, Amber está extremamente abalada e chateada com toda a situação. “Eu vejo isso como um caso de grave caso de negligência do NHS. Minha querida filha ficou com cicatrizes pelo resto de sua vida por causa disso”, contou ao Daily Mail.

A menina vai passar por mais três cirurgias (Foto: Reprodução/Daily Mail)

O futuro

A mãe de Valenci ainda disse um pouco sobre as aflições que sente ao pensar no que a filha pode passar por conta da cicatriz no rosto. “Ver seu recém-nascido com ferimentos no rosto é realmente perturbador. Eu a amo não importa o que aconteça, mas me preocupo com o que o futuro pode ter para ela. Eu me preocupo que ela possa ter problemas quando ela começar a escola com outras crianças. As pessoas podem perguntar o que há de errado com o rosto dela, e isso é realmente triste”, desabafa.

O hospital apenas se posicionou com uma nota. Eles afirmam que não acreditam que o corte no rosto da bebê tenha sido feito pelo bisturi, mas pedem desculpa por decepcionaram Amber. “Lamentamos que sua filha tenha nascido com sinais de trauma facial e explicamos a Sra. Woollard por que acreditamos que as marcas faciais eram muito improváveis ​​de terem sido causadas pelo bisturi usado durante a cesariana. Nós ficaríamos felizes em conversar com a Sra. Woollard ainda mais se ela tiver outras dúvidas ou preocupações”.

Leia também: 

7 coisas que você precisa saber antes de fazer uma cesárea

Parto cesárea: dói? Quando é indicado? Como é a recuperação? 

Mãe fala sobre ter tido relação sexual duas horas depois de cesárea: “Eu gosto muito de sexo”