Atleta olímpica leiloa primeira medalha da carreira para pagar cirurgia urgente de bebê

Maria Andrejczyk representou a Polônia no lançamento de dardos nas Olimpíadas de Tóquio, e levou a prata – mas decidiu vender o prêmio

Resumo da Notícia

  • Maria Andrejczyk representou a Polônia no tiro de dardos nas Olimpíadas de Tóquio
  • Ela levou a prata na modalidade
  • Contudo, decidiu leiloar o prêmio para pagar a cirurgia cardíaca urgente de um bebê de 8 meses
  • Essa foi a primeira medalha olímpica de Maria

Maria Andrejczyk representou a Polônia nas Olimpíadas de Tóquio – na modalidade do lançamento de dardos. Ela ganhou a prata: primeira medalha olímpica da carreira. Contudo, teve contato com a pequena Miloszek Malysa, de apenas 8 meses, que precisava urgentemente de uma cirurgia cardíaca, e por isso não pensou duas vezes para leiloar o prêmio.

-Publicidade-

“Não passei muito tempo pensando nisso, foi a primeira arrecadação de fundos que encontrei e eu sabia que era a certa”, comentou Maria. O procedimento financiado pela atleta será capaz de salvar a vida da menina. De acordo com a família, ele custaria uma média de 200.000 zlotys (US$ 51.000, ou R$ 275.400) – e teria de ser realizado na Califórnia.

Maria Andrejczyk competiu nas Olimpíadas de Tóquio (Foto: Reprodução/ Instagram)

No Facebook, Maria anunciou que o comprador da sua medalha foi a rede de supermercados polonesa Zabka. Sobre isso, a atleta fez o anúncio em sua conta do Facebook.

“É com o maior prazer que dou a você, Zabka, minha medalha que para mim é um símbolo de luta, fé e busca de sonhos apesar dos tantos desafios”, escreveu ela. “Espero que seja um símbolo da vida pela qual lutamos juntos”. O dinheiro arrecadado pagará a cirurgia da pequena Malysa no centro médico da Universidade de Stanford.

Reviravolta

O gesto de Maria foi admirado por pessoas de todo o mundo, inclusive pelos administradores da rede de supermercado. Por isso, após adquirirem a medalha, eles declararam que não ficarão com o prêmio de Maria – mas que pagarão a cirurgia de Malysa.

Ela levou a primeira medalha olímpica da carreira (Foto: Reprodução/ Instagram)

“Ficamos comovidos com o gesto lindo e extremamente nobre de nossa atleta olímpica“, escreveu no Facebook. Portanto, decidimos apoiar a arrecadação de fundos para o doente Miloszek. Também decidimos que a medalha de prata de Tóquio ficará com a Sra. Maria, que mostrou o quão grande ela é”, finalizaram, em comunicado oficial.