Bebê com pele ressecada: como evitar o problema e o que fazer para hidratar no inverno

Os cuidados com a pele do bebê podem (e devem!) começar desde o nascimento. No tempo frio, além de investir nos produtos certos, é preciso adotar hábitos que fazem toda a diferença

Resumo da Notícia

  • Os cuidados com a pele do bebê durante o inverno devem ser redobrados
  • É muito importante investir nos melhores produtos para o seu filho
  • Além disso, é necessário ter alguns cuidados específicos durante essa estação do ano para proteger a pele do bebê

Ao longo da vida, é natural que a nossa pele perca água e gordura, elementos importantes que ajudam a manter a elasticidade e uma aparência saudável. Por isso, desde cedo, é fundamental ter os cuidados em dia, sempre equilibrando a hidratação e prevenindo os ressecamentos. 

-Publicidade-

No inverno, a pele do bebê pode ficar ainda mais sensível, sendo necessário redobrar a atenção. O tecido epitelial ainda está se desenvolvendo e, por não estar totalmente formado, é mais fino e delicado. É normal que o ressecamento aconteça de vez em quando, mas a boa notícia é que dá para contornar essa situação e driblar o problema. 

Durante o inverno, a pele do bebê pode ficar ainda mais sensível (Foto: Getty Images)

Para te ajudar nessa missão, separamos alguns cuidados para você adotar com o seu filho, principalmente no tempo frio, e manter a pele saudável, evitando a perda excessiva de água. Confira cada uma das dicas abaixo para colocar em prática na rotina do bebê:

Nada de deixar a água quente demais!

No inverno, é comum a preferência por uma água mais quentinha na hora do banho. No entanto, é importante que a temperatura varie entre 37°C e 38°C para não queimar a pele do bebê! Se seu filho parecer incomodado, pode ser que a água esteja fria ou quente demais, portanto, é fundamental estar sempre em alerta. 

Outra dica que pode ajudar a evitar o ressecamento da pele na hora do banho é priorizar o tempo de cinco a seis minutos, reduzindo assim o contato do bebê à exposição da água. No tempo frio, priorize também não dar banhos muito tarde, quando as temperaturas tendem a cair mais!

Invista no sabonete certo

Outra maneira de proteger a pele do bebê é utilizar o sabonete de pH ideal. Uma opção é o sabonete líquido de glicerina vegetal da Granado, que limpa com suavidade e permite uma pele mais macia e perfumada, sem adição de parabenos ou ingredientes de origem animal. Além disso, utilize sempre produtos dermatologicamente testados!

Sabonete líquido Granado (Foto: Divulgação)

Nada de deixar o hidratante de lado no inverno!

A hidratação pode (e deve!) ser feita desde o nascimento, mas sempre utilizando os produtos certos e que não agridam a pele delicada do bebê. A dica é usar um hidratante todos os dias após o banho, tanto no rosto, como no corpo, pois ele é fundamental para a reposição de água e gordura. Além disso, nas peles sensíveis, ele pode aliviar coceiras e vermelhidão, e inclusive evitar os ressecamentos e irritações causadas por diversos fatores.

Loção Hidratante Dermocalmante da Granado (Foto: Divulgação)

A loção hidratante dermocalmante para peles sensíveis da Granado hidrata profundamente e restaura a barreira protetora. Formulado com ceramidas, alantoína, proteínas do trigo, da aveia e amêndoa doce, manteiga de karité e óleo de girassol, permite uma boa espalhabilidade e toque seco, sem “melecar”! É ideal para o uso em recém-nascidos, justamente por ser hipoalergênico e adaptado às necessidades da pele. Não possui parabenos, corantes, perfumes, óleo mineral e ingredientes de origem animal. 

Cuidado na hora de secar a pele do bebê

Após o banho, a dica é sempre optar por uma toalha macia ao toque, daquelas bem felpudas mesmo! Para secar a pele, é importante apenas enxugá-la levemente e não esfregar, pois pode causar ressecamentos e irritações.