Bebê de 1 ano dispara tiro acidentalmente e mata homem nos Estados Unidos

O caso ocorreu no dia 5 de dezembro e está sendo tratado de maneira cautelosa pelas autoridades por envolver um menor de idade

Resumo da Notícia

  • Bebê de 1 ano disparou tiro acidentalmente e mata homem nos Estados Unidos;
  • Dustin e o bebê moravamn na mesma casa;
  • A Polícia não informou a relação de parentesco entre ambos.

Dustin Walters, de 25 anos, faleceu após ser vítima de um tiro acidental disparado por um bebê de 1 ano. Policiais relataram que receberam uma denúncia de barulho de tiros e, ao chegarem ao local, encontraram o homem ferido por uma bala em sua própria casa. Ele foi levado ao hospital com vida, mas não resistiu aos ferimentos.

-Publicidade-

As autoridades não informaram a relação de parentesco entre o bebê e Dustin, mas ele tem um filho de 1 ano com a esposa, Tori. Segundo informações fornecidas pela UOL, o comunicado emitido sobre o caso pelo Departamento de Polícia de Savannah apenas afirmou que o tiro foi efetuado por um “bebê menor de dois anos”, sem revelar mais detalhes para “preservar a privacidade da família”.

Polícia de Savannah não informou qual a relação de parentesco entre o homem e a criança, que moravam na mesma casa
Polícia de Savannah não informou qual a relação de parentesco entre o homem e a criança, que moravam na mesma casa (Foto: FreePik)

O acidente, que ocorreu no dia 5 de dezembro e foi divulgado apenas nesta semana, foi tratado de maneira cautelosa pelo departamento pelo fato de envolver uma criança. O chefe do departamento, Roy Minter, se pronunciou apenas para fazer um alerta sobre o uso e armazenamento de armas.

“Nós sofremos junto com a família Walters. Como pai, eu não posso imaginar o que essa família está passando e continuará passando ao longo dos próximos anos. Nós queremos garantir que os pais saibam que, apesar de raro, esses incidentes acontecem com resultados trágicos. Por favor, levem a sério e tomem as medidas necessárias para assegurar que você e seus familiares estão a salvo”, disse o policial.

Dustin Walters, que era funcionário em uma empresa de desenvolvimento imobiliário, foi velado no dia 10 de dezembro, em Rincon, sua cidade natal, na Geórgia.