Bebê de 2 meses aparece falando ‘I love you’ em vídeo e reação da família é de arrepiar

Uma família da Carolina do Sul, nos Estados Unidos, levou um baita susto ao perceber que o bebê, de apenas 2 meses de idade, estava claramente dizendo ‘I love you’ enquanto brincava com os pais. Uau!

Resumo da Notícia

  • Um bebê de apenas 2 meses de idade apareceu falando 'I love you'
  • A família levou um baita susto - e o vídeo viralizou
  • O momento foi gravado na Carolina do Sul, nos EUA

Uma família na Carolina do Sul, nos EUA, levou um baita susto ao perceber que o bebê de apenas 2 meses de idade estava falando ‘I love you’ para os pais. É isso mesmo! Mesmo tão novo, é possível perceber a menina claramente se declarando para a família – e, justamente por isso, o vídeo viralizou.

-Publicidade-

Breanna e Jake são pais de Haisley, que surpreendeu a internet com o momento. No registro, ela aparece deitada em um tapete com os pais, que estão brincando e estimulando a filha com várias palavras e conversas.

Em dado momento, em meio a barulhos, a bebê fala algo que nitidamente soa como ‘I love you’ – e o resultado é de arrepiar. O casal fica muito feliz e segue incentivando a filha. Na segunda tentativa, fica ainda mais claro que Haisley falou ‘eu te amo’ em inglês. O vídeo é muito fofo e com certeza vai te emocionar. Confira abaixo:

Falar e escrever sobre gratidão aumenta a regulação emocional e felicidade da família

De acordo com uma pesquisa feita pelo Laboratório de Neurociência Cognitiva e Social, a sensação de gratidão promove muito mais benefícios do que o bem-estar em si. Os especialistas concluíram que escrever sobre esse sentimento aumenta a eficácia da regulação hormonal, que é um dos principais mecanismos para promover benefícios na vida das pessoas, tanto físicos quanto emocionais.

Para chegar a esse dado, participaram noventa pessoas, sendo divididas em três grupos: escrever e compartilhar histórias de gratidão, escrever histórias de gratidão e compartilhar situações rotineiras não emocionais. O processo durou quatro semanas para depois ser feita uma tarefa de reavaliação. Assim, se percebeu que os grupos que escreveram sobre gratidão obtiveram os melhores resultados nesse último teste, ou seja, apresentaram melhor regulação negativa de imagens “ruins” quando comparados ao grupo de controle.