Bebê entra sozinha na piscina e é salva após atitude do irmão e pai em vídeo chocante

O acidente aconteceu em 12 de setembro e viralizou depois que a mãe postou o vídeo da câmara de segurança nas redes sociais, como forma de alerta

Resumo da Notícia

  • Uma bebê de 1 ano e quatro meses quase se afogou na piscina de casa, em Goiânia, sem que os pais percebessem
  • Bella Araújo entrou na piscina sozinha enquanto o pai estava em uma rede
  • O irmão da menina viu a bebê se debatendo na água e chamou o pai, que a salvou
 

Uma bebê de 1 ano e quatro meses quase se afogou na piscina de casa, em Goiânia, sem que os pais percebessem. Bella Araújo entrou na piscina sozinha enquanto o pai estava em uma rede. A sorte foi que o irmão da menina, Miguel, de 5 anos, viu a bebê se debatendo na água e chamou o pai, que a salvou.

-Publicidade-

O acidente aconteceu em 12 de setembro e viralizou depois que a mãe, Karlla Lohara, postou o vídeo da câmara de segurança nas redes sociais, como forma de alerta. As imagens mostram Bella caminhando em direção à piscina. Sem medo, a bebê entra na água e começa a se afogar. O irmão mais velho, que estava sentado na área de lazer, vê e avisa o pai, que está ao lado deitado em uma rede. O pai sai correndo e pula na água para salvar a bebê.

Nas redes sociais, os pais acabaram recebendo muitas mensagens de apoio e também críticas, que acusaram a família de negligência. “Vieram muitos comentários ruins e positivos. No início, eu tentava justificar, mas depois vi que as pessoas só veem o que elas querem ver. Tem coisas que machuca, mas eu apago muito rápido, nada que me abale”, contou Karlla, em entrevista ao Correio Braziliense

“Quando se tem filhos e piscina, todo cuidado é pouco. Deus nos guardou do pior, mas que esse episódio sirva de alerta para todos os pais”, escreveu a mãe, na legenda do post. Karlla conta que a família estava na piscina quando começou a chover e todos saíram da água. Ela levou Bella para tomar banho enquanto o pai da menina Cleyton Alves Pinto, de 38 anos, e o filho mais velho, Miguel, de 5 anos, ficaram na área de lazer. “Para ter acesso à piscina, tem uma porta de vidro que costuma ficar fechada, mas naquele dia o Miguel havia passado e a deixou aberta. O Cleyton acreditava que a Bella estava comigo no quarto e não viu ela passando pela área de lazer. Foi um segundo de distração e tudo aconteceu”, recorda a mãe.

Karlla Lohara postou o vídeo da câmara de segurança nas redes sociais, como forma de alerta (Foto: Reprodução/Instagram)

Segundo a mãe, a família sempre tomou todos os cuidados e a piscina fica coberta com uma lona de proteção, que havia sido retirada naquela tarde para que eles pudessem brincar na água. “Meu marido só estava esperando passar a chuva para colocar a lona novamente”, acrescentou. Segundo o UOL, a família afirma que redobrou os cuidados e agora, além da lona também tem uma cerca de proteção em torno da piscina.

Depois que o vídeo viralizou, Karlla ainda recebeu mensagens questionando porque os pais não colocavam Bella na natação, mas, de acordo com ela, na cidade não tem professores para bebês. Com a repercussão, uma professora entrou em contato com a família e a bebê já começou a fazer as aulas por videoconferência. “Todo cuidado é pouco. Se deixar com alguém, tem que verificar se a pessoa está de olho. A gente não consegue ser 100%, mas temos que ficar de olho, porque eles são muito rápidos”, destaca. Veja o vídeo do momento: