Bebê nasce com anticorpos para Covid-19 após mãe ser infectada durante gestação

Antonella Ramirez Jucá nasceu no dia 22 de abril no Acre e surpreendeu os médicos e pais após realizar os exames para a doença

Resumo da Notícia

  • Uma bebê nasceu com anticorpos para o coronavírus no Acre
  • A mãe dela contraiu a doença enquanto estava grávida, mas não apresentou sintomas
  • Os pais falaram sobre o alívio e gratidão

Uma bebê recém-nascida, Antonella Ramirez Jucá, apresentou anticorpos para a Covid-19 semanas depois do nascimento. A história surpreendeu médicos e os próprios pais da menina, Joicilene de Souza Ramirez e Maicon Silva Jucá.

-Publicidade-
Mãe e bebê apresentaram anticorpos para a Covid-19 após a mulher contrair a doença durante a gestação (Foto: Getty Images)

Ainda no oitavo mês de gestação, a mãe realizou um teste para saber se havia contraído a doença, porém o resultado foi negativo. Agora, que já deu à luz, ela fez novos exames que apontaram a presença de anticorpos para este vírus.

Com o resultado, os especialistas recomendaram repetir os testes na bebê, que confirmaram que ela também possuía os anticorpos para o coronavírus. Em entrevista para o G1, o pai da menina disse que a esposa não apresentou sintomas da doença.

Antonella nasceu no dia 22 de abril e os pais souberam da notícia no dia 18 de maio. “Ficamos muito emocionados de saber que a neném já tem, é até uma forma de alívio mesmo e esperança para as mães grávidas que, caso contraiam o vírus, possa passar os anticorpos para o bebê”, comentou ao G1.

11º Seminário Internacional Pais&Filhos – A Sua Realidade

Está chegando! O 11º Seminário Internacional Pais&Filhos vai acontecer no dia 1 de junho, com oito horas seguidas de live, em formato completamente online e grátis. E tem mais: você pode participar dos sorteios e ganhar prêmios incríveis. Para se inscrever para os sorteios, ver a programação completa e assistir ao Seminário no dia, clique aqui!

A mãe também falou sobre a gratidão que sente, em matéria para o Jornal do Acre 1ª Edição. “Eu tinha muito medo de pegar esse vírus durante minha gestação, porque o que mais a gente via era mulheres grávidas morrendo, então, passava muita coisa na minha cabeça”, desabafou.

O responsável pelo parto de Antonella, o ginecologista e obstetra Billy Rodrigues falou sobre o caso: “Normalmente alguns bebês estão é contraindo a Covid-19. Então, nesse caso específico, a criança nasceu com os anticorpos da mãe. Chamou atenção, por ser atípico”.

O infectologia Tião Viana, em entrevista ao G1, comentou que a herança dos anticorpos da mãe para o bebê em relação a doenças virais é comum, mas reforçou que o risco de contaminação durante o período de gestação é alto. É fundamental manter os cuidados de prevenção e, para o profissional da saúde, avançar na vacinação destas mulheres.