Bebê prematura é encontrada viva em lixeira de prédio em Santa Catarina

A criança foi achada por um catador de lixo recicláveis, que logo acionou o serviço de emergência. Ela foi encaminhada para a UTI neonatal e passa bem

Resumo da Notícia

  • Bebê prematura é encontrada viva em lixeira de prédio em Santa Catarina
  • A bebê foi encontrada por um catador de lixo reciclável
  • Ela está na UTI neonatal, mas passa bem

Uma bebê prematura, que nasceu com aproximadamente 28 semanas, foi encontrada em uma lixeira de um prédio em Baldeário Camburiu, Santa Catarina, na tarde do dia 28 de novembro. De acordo com informações da UOL, ela foi encontrada viva e passa bem.

-Publicidade-
Bebê é encontrada em lixeira em SC (Foto: Getty Images)

Segundo o que foi dito pelo Samu, (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), o caso aconteceu por volta das 15h no bairro Baía Sul, região central do município. A bebê foi localizada por um catador de lixo recilável, enquanto ele mexia nas sacolas. Depois de vê-la, ele rapidamente acionou o serviço de emergência, que chegou pouco tempo depois. “Esse catador foi retirar os recicláveis e viu uma movimentação estranha. Ele não sabia dizer o que era. Se era um animal ou se era uma pessoa”, contou o socorrista Renaldo Marquato, responsável pela comunicação do Samu, em entrevista à UOL.

Ao chegar no local, os socorristas manuseram com cautela o lixo Sob um pano, dentro de uma caixa de sapato, encontraram a bebê, de barriga para baixo, com respiração um pouco ofegante. Ainda segundo Marquato, se a bebê continuasse naquela situação por mais tempo, possivelmente morreria. A bebê não tinha nenhuma marca de violência, mas ainda estava com o sangue do parto no corpo.

Um boletim de ocorrência foi registrado e a Polícia Civil de Balneário Camboriú foi acionada. Eles estão analisando as imagens das câmeras de monitoramento próximas ao local. Ela foi encaminhada para a UTI neonatal do Hospital Municipal Ruth Cardoso, onde os médicos constataram que ela tinha cerca de 28 semanas de vida. “Foi um susto, foi surpreendente. É uma mistura de tristeza, mas com a felicidade junto, por saber que a bebê estava viva”, concluiu Marquato.