Bebês

Bebê quase perde a vida após ficar 2 horas no bebê conforto e mãe faz alerta: “Não sabia desse risco”

Harper tinha apenas três semanas de vida quando tudo aconteceu

Jéssica Anjos

Jéssica Anjos ,filha de Adriana e Marcelo

Kirsti com o marido Christopher e as filhas Harper e Malena (Foto: reprodução / Facebook)

Harper, uma criança de apenas três semanas de vida sofreu uma convulsão após passar mais de uma hora no bebê conforto dentro do carro. Os pais da menina, Kirsti e Christopher Clark e irmã mais vela Malena, de três anos, estavam viajando quando tudo aconteceu.

Durante a viagem, a família escocesa acabou pegando um engarrafamento. Os três ficaram presos por um hora e quarenta e cinco minutos. Nesse tempo inteiro a menina ficou no dispositivo dormindo. Quando o pai, Christopher, tirou Harper da cadeirinha percebeu que alguma coisa errada tinha acontecido. A criança estava espumando pelo nariz e boca. “Foi assustador, ela estava convulsionando!”, disse a mãe Kirsti em entrevista para o Daily Mail.

O casal correu para o hospital e chegaram ao local em menos de cinco minutos. “Mesmo assim foi terrível, parecia uma eternidade. Eu ficava tentando ver se ela estava respirando, tudo que eu conseguia pensar era que estava perdendo minha filha”, comenta a mãe.

Quando a família chegou ao hospital, os médicos conseguiram ressuscitar Harper. Foram feitos vários exames para descobrir a origem da convulsão. Depois que os pais contaram que a menina ficou duas horas seguidas na cadeirinha dentro do carro, os médicos descobriram que esta era a causa.

Eles explicaram à família que quando a criança passa tanto tempo assim no bebê conforto fica sem oxigênio. Foi tão forte que quando a criança foi retirada do dispositivo a volta do oxigênio fez com que o corpo levasse um choque e isso causou a convulsão. Harper agora está bem e não ficou com nenhuma sequela, mas os especialistas alertaram os pais sobre os riscos de fazer isso de novo. A criança não pode ficar mais de uma hora nesta posição.

Kirsti e Christopher resolveram compartilhar a história da filha com outras famílias para servir de alerta. “Quando disseram pra gente que nossa menina convulsionou por causa da cadeirinha eu fiquei chocada. Ninguém nunca havia me falado sobre este risco! Sentimos que precisávamos compartilhar o que aconteceu com a Harper porque os pais precisam saber usar o bebê conforto do jeito certo. Quase perdemos nossa filha por causa disso. Eu recomendo que todos fiquem atentos”, aconselha a mãe.

Uso correto do bebê conforto

A recomendação da ONG Criança Segura é que a criança não fique mais de uma hora consecutiva no bebê conforto durante uma viagem de carro. A principal dica é fazer paradas para tirar seu filho do dispositivo por um tempo, antes de continuar o percurso.

Leia também:

Bebê conforto: passo a passo para instalar no carro com segurança e sem neura

Segurança no passeio: sugestões de bebê conforto

Mãe conta o que aconteceu com seu filho no bebê-conforto e damos a você o alerta