Bebê que nasceu sem pele fica 11 meses internado e médicos tomam uma decisão

O menino nasceu com epidermólise bolhosa

Ele já está em casa (Foto: reprodução / Today)

Depois de 11 meses internado, Ja’bri Gray, o bebê que nasceu sem pele, recebeu alta do Texas Children’s Hospital, em Houston, nos Estados Unidos. Quem deu a notícia foi Priscilla Maldonado, a mãe do menino, pelas redes sociais: “Eu estou muito feliz. Tudo está indo bem. Está muito melhor do que eu esperava!”, comemorou.

-Publicidade-

O bebê passou por um transplante de pele, criada em laboratório, e o procedimento foi considerado revolucionário na medicina. Esse procedimento geralmente é realizado em vítimas de queimaduras, sendo assim, o primeiro a ser feito em alguém nas condições de Ja’Bri.

Ele realizou uma cirurgia de transplante de pele (Foto: reprodução / Today)

Quando ele nasceu, não tinha pele do pescoço para baixo e devido isso, acabou perdendo os dedos de uma das mãos por ficarem todos fundidos. Essa condição rara é chamada de epidermólise bolhosa, que faz a camada superior da pele não se ligue ao fundo dela.

-Publicidade-

De início, os médicos acharam que Ja’Bri sobreviveria apenas por alguns dias, mas todos os cuidados e procedimentos surpreenderam à todos. Felizmente, o menino conseguiu passar por tudo isso e está em casa! Desejamos tudo de bom para a família.

Leia também:

Bebê que nasceu sem pele passa por transplante e tem transformação inacreditável

Mãe consegue segurar pela primeira vez o filho de 10 meses que nasceu sem pele

Menino de cinco anos sofre queimaduras após pisar em brasas de fogueira: “Ele não consegue andar”

-Publicidade-