Bebês

Blogueira toma atitude desesperada após seu filho de 3 meses ser vítima de bullying na internet

Sophie é mãe de Ronnie e cansou de ver o filho sendo assunto de piadas maldosas

Nathalia Lopes

Nathalia Lopes ,Filha de Márcia e Toninho

Sophie é mãe de Ronnie (Foto: reprodução/Instagram @mrshinchhome)

Uma mãe blogueira passou uma por uma situação muito chata e precisou expor uma pessoa que começou a xingar gratuitamente o bebê dela, que tem apenas 3 meses. Sophie Hinchliffe mora na Inglaterra e publicou um print de uma conversa para mostrar o quanto o filho havia sido ofendido e pedir para que as pessoas parem de falar do menino.

Sophie é mãe de Ronnie e recebeu uma foto de um menino que nasceu sem uma parte do crânio e em seguida uma menagem que dizia: “Seu filho é feio que nem isso. Literalmente. A coisa mais feia de todas”. A mãe ficou revoltada e além de comentar o quanto aquilo era desnecessário, ainda elogiou o bebê que havia sido usado como comparação.

“O menininho da foto que você me mandou é lindo. Meu filho é lindo. Você é cruel”, respondeu. Mas Sophie achou que apenas responder o comentário não era o suficiente, ela então fez um post (que já saiu do ar) e pediu um basta para ofensas contra crianças.

“Eu espero que o dia de vocês tenha começado melhor do que o meu. Eu vou ficar expondo essas pessoas horríveis porque eu acho errado não ter consequências para os ataques e bullying na internet. Eu aprendo cada dia a me tornar mais forte, mesmo com estes comentários sobre meu filho acabando comigo. Mas saibam que a próxima pessoa para quem você mandar este tipo de mensagem cruel pode estar tendo um dia muito difícil e não irá conseguir lidar com isso. E elas nem deveriam ter que lidar com esse tipo de coisa. Então eu vou me impor e vou continuar fazendo isso até que parem!”

Um absurdo! (Foto: reprodução/Instagram @mrshinchhome)

O bebê sem crânio 

Lucas Maria nasceu com uma doença rara e está sendo muito forte! Ele está lutando a cada dia para se manter vivo e é um absurdo ele ser usado por essa pessoa com o intuito de afetar outra família. A gente já escreveu sobre a história dele, então entenda o caso:

A história de um menino de sete meses está deixando os médicos do mundo inteiro surpresos. O menino nasceu sem uma parte do crânio que protege o cérebro e, mesmo recebendo o diagnóstico que não sobreviveria um dia sem equipamentos que o mantivessem vivo, Lucas Maria acabou de completar mais um mês de vida.

Lucas completou sete meses e superou todas as expectativas (Foto: reprodução/The New York Post)

Tudo começou ainda na gestação, quando Maria Santa Maria ficou sabendo que estava gerando um bebê que não havia se desenvolvido completamente, os médicos até sugeriram que ela interrompesse a gravidez ainda naquele momento. Mas a mulher os ignorou e decidiu seguir em frente.

“O médico tentou explicar que ele tinha exencefalia – seu crânio não fechou completamente – Ele disse que o cérebro do bebê estava se projetando, o que é incompatível com a vida, e eles recomendaram o aborto”. Ela confessa que a família chegou a ficar indecisa e pensar na possibilidade de encerrar a gestação.

Acontece que depois de pensar muito, Maria e seu marido, Augusto Maria, decidiram que iam deixar Lucas vir ao mundo. “Decidi que, mesmo que pudesse ficar com ele por cinco minutos, tudo valeria a pena”, explicou ao jornal The New York Post.

Lucas superou todas as expectativas (Foto: reprodução/The New York Post)

A mãe comentou também como foi explicar para as três filha mais velhas do casal o que iria acontecer, que talvez o irmão delas não fosse voltar para casa. “Nós então questionamos os médicos sobre qual tratamento poderíamos fazer e eles falaram sobre uma cirurgia que poderia ajudar, assim que começamos a falar sobre isso eu sabia que esse era o caminho”, explica.

Hoje, com sete meses Lucas está fazendo fisioterapia, além de comer cereais e comida para bebê. Maria conta que as irmãs adoram ficar perto dele e beijando o rosto do irmão. “Ele veio para completar nossa família porque este é o bebê que estamos esperando”, encerrou.

Leia também: 

Mãe faz ensaio newborn do filho com microcefalia e é impossível não se emocionar com o resultado

A história da mãe que gestou um bebê sem cérebro apenas para poder doar seus órgãos

Bebê que nasceu prematuro de 24 semanas tem história emocionante de superação