Chega de bagunça! Entenda por que seu filho gosta de aprontar e como resolver essa questão

Tentar manter sua casa arrumada quando você tem um filho pode parecer uma causa perdida: assim que você guarda um brinquedo ou limpa um respingo, outro aparece magicamente. Essas dicas, porém, poderão te ajudar!

Resumo da Notícia

  • Manter a casa limpa com uma criança pequena parece uma missão impossível
  • Veja algumas artes comuns entre crianças e como resolvê-las

Tentar manter sua casa arrumada quando você tem um filho pode parecer uma causa perdida: assim que você guarda um brinquedo ou limpa um respingo, outro aparece magicamente. A bagunça do seu filho pode ficar tão ruim que, na verdade, você pode pensar que ele está tentando te deixar louca de propósito. Mas acredite se quiser, as crianças estão simplesmente descobrindo o mundo da única forma possível para eles: investigando as coisas com o próprio corpo – e isso significa muita limpeza para o pai e a mãe! Combine essa curiosidade com o desejo de ser independente (e a falta de habilidades manuais totalmente desenvolvidas) e você poderá contar com muitos contratempos. Embora descobrir e explorar seja benéfico, isso não significa que você deva deixar seu filho correr solto. Confira quatro bagunças comuns que crianças costumam fazer e aprenda como definir limites sem sufocar seu desenvolvimento:

-Publicidade-
Desenrolar papel higiênico (Foto: reprodução Parents / Pinterest)

Desenrolar papel higiênico

Crianças divertem-se girando o rolo o mais rápido possível e vendo o papel higiênico se desfazer. Ter que arrumar tudo depois pode ser doloroso para você, mas para você saber: essa atividade requer um movimento de empurrar e lançar, que desenvolve as habilidades motoras finas e a coordenação olho-mão do seu filho.

Limite a bagunça: deixe seu filho ter seu próprio rolo de papel higiênico em uma cor ou padrão diferente e mantenha-o meio cheio (ou seja, menos papel para enrolar de novo). Deixe claro que aquele é dele para brincar e que os outros estão proibidos, aconselha Rahil Briggs, Psy.D., psicólogo de crianças e diretor de Passos Saudáveis ​​no Montefiore Medical Center, na cidade de Nova York. Você ainda terá que ajudá-lo a enrolar o papel de volta, mas é melhor do que um ataque surpresa no banheiro. Uma boa alternativa é fazê-lo brincar com bolas. Empurrar, arremessar e rolar desenvolverá as mesmas habilidades (e sem bagunça).

-Publicidade-

Desenhar na parede

Basta dar um lápis de cor ou caneta na mão de uma criança pequena, e você já pode esperar o desaste! Apesar de querer manter suas paredes limpas, é importante deixá-lo ser criativo e rabiscar quando quiser.  O desenho aumenta a destreza das mãos, o que ajudará seu filho a aprender a escrever mais tarde.

Limite a bagunça: dê ao seu filho uma grande folha de papel pardo. Com uma tela grande, ele terá menos probabilidade de rabiscar nas paredes. Mas se mesmo assim ele fizer isso, diga que não está tudo bem. “Use um tom firme e diga: ‘Eu sei que você gosta de desenhar, mas você só pode fazer isso no papel’”, explica Linda Acredolo, Ph.D., Orientadora de Pais e coautora de Baby Minds. Em seguida, envolva-o na limpeza das paredes, mesmo que seja apenas segurando as toalhas de papel enquanto você limpa as marcas. Isso o ajudará a entender que há consequências para suas ações.

Brincar com comidas

Brincar com comida (Foto: reprodução Parents / Pinterest)

Você pode esperar que seu filho seja especialmente prático ao explorar as diferentes texturas, cores e sabores dos alimentos. “Os bebês precisam sentir a gelatina escorregar pelos dedos para aprender”, diz Linda Acredolo, Ph.D., Orientadora de Pais e coautora de Baby Minds. “Eles também são curiosos sobre a causa e efeito nesta idade”. Se eles jogam comida no chão, ela rola, respinga ou faz um barulho alto?

Limite a bagunça: coloque um grande tapete de pano debaixo do cadeirão para não se preocupar com a bagunça do seu filho. Se você correr para limpar toda vez que ele derramar alguma coisa, você ficará louca – e tentará seu filho a brincar de “vamos ver quantas vezes a mãe vai pegar minha bagunça!”. Mas certifique-se de saber quando é o suficiente. “Se a criança começar a jogar mais comida do que está comendo, é hora de encerrar a refeição”, diz o Dr. Acredolo.

Esvaziar os armários

Panelas, frigideiras e utensílios de cozinha são brinquedos divertidos para seu filho – e também são ótimas ferramentas de desenvolvimento. Colocar recipientes uns dentro dos outros melhora a destreza e a consciência espacial, enquanto bater em potes aumenta a coordenação olho-mão.

Limite a bagunça: mantenha um armário de cozinha cheio de utensílios seguros, com que seu filho possa brincar e proteja o resto com travas. Lembre-se de encher o armário especial com itens que você raramente usa, para não ter que lavá-los com frequência.

– Tudo é aprendizado

É importante ensinar a seu filho que bagunças e limpezas andam de mãos dadas. Essas tarefas simples irão apresentá-lo ao conceito de responsabilidade enquanto desenvolve habilidades essenciais.

Limpar a sujeira

Dê a ele sua própria toalha de papel para ajudar a limpar quando deixar algo cair.

Lição aprendida:consequências para as ações – além disso, o movimento de limpeza melhora as habilidades motoras finas.

Regar as plantas

Compre um mini regador que será só dele.

Lição aprendida: como segurar uma lata na vertical e incliná-la suavemente para servir – ambos desenvolvem as habilidades motoras.

Guardar as roupas

À noite, peça para seu filho colocar as roupas sujas no cesto de roupas para lavar.

Lição aprendida: que tudo tem um lugar e que ele deve guardar suas coisas de maneira organizada.

-Publicidade-