Coronavírus: bebê recém-nascido é a vítima mais jovem da doença no mundo

Internada por uma pneumonia, a mãe recebeu o resultado positivo para a doença depois de dar à luz. A criança também teve o diagnóstico logo após o parto

Resumo da Notícia

  • Bebê recém-nascido é a mais jovem pessoa a ter coronavírus
  • A mãe estava internada com uma pneumonia e recebeu o resultado - positivo - dos testes logo após dar a luz
  • Preocupados com a saúde da criança, os médicos logo lhe passaram o exame, que também deu positivo
  • Mãe e bebê são mantidos em isolamento em hospitais separados
Bebê recém-nascido é a pessoa mais jovem a ser diagnosticado com coronavírus (Foto: Getty Images)

Uma mulher que estava na reta final da gestação foi internada com pneumonia. No hospital, os médicos suspeitaram que ela poderia estar com coronavírus e logo pediram o teste. O resultado positivo saiu apenas depois do parto. Preocupados com a saúde do bebê, os médicos também fizeram o teste para a doença na criança.

-Publicidade-

Segundo informações do jornal The Sun, o exame também deu positivo na criança e o bebê se tornou a vítima mais jovem do coronavírus no mundo. O posto antes era de um outro bebê, na China, que foi diagnosticado 30 horas após nascer.

Após os resultados, a criança e a mãe seguem em isolamento em locais separados. Ele etá no hospital em que nasceu e ela em um outro, especializado em infecções. O Royal College of Obstetricians and Gynaecologists não apoia essa separação. Eles aconselharam a não separarem as mães e os bebês e ressalvou, ainda, que os bebês podem ser amamentados normalmente, já que jovens e crianças não costumam ter complicações sérias.

-Publicidade-

Em entrevista ao jornal The Sun, os médicos disseram que ainda não sabem se a criança foi infectada no útero da mãe ou durante o parto. Eles também não revelaram se o bebê nasceu de cesárea ou parto normal.

Apesar de ainda não existirem estudos que comprovem que a doença pode passar da mãe para o bebê, alguns especialistas estão estudando casos para entender se existe essa possibilidade.

Coronavírus: como prevenir sua família

Os coronavírus são uma família de vírus conhecida há mais de 50 anos. Tem este nome porque parece uma coroa, se visto no microscópio. Algumas cepas infectam seres humanos, outras infectam somente animais. O novo vírus (2019-nCoV) provavelmente é uma mutação que não atingia humanos e, nos últimos meses, passou de um animal para uma pessoa em um mercado de frutos do mar e animais vivos na cidade de Wuhan, na China. Para se prevenir, a recomendação do Ministério da Saúde é a mesma feita para a prevenção de infecções respiratórias agudas. São elas:

  • evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;
  • lavar as mãos com frequência, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente;
  • utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
  • evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
  • higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
  • não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • manter os ambientes bem ventilados;
  • evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;
  • evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-