Desenvolvimento do bebê: 10 marcos motores importantes para o seu filho e como incentivá-los

Caminhar não é a única habilidade motora emocionante que seu filho vai dominar. Ajude-os a correr, pular, escalar e muito mais com essas dicas aprovadas por especialistas

Resumo da Notícia

  • Os pais geralmente ficam emocionados quando o bebê dá os primeiros passos, o que geralmente acontece alguns meses depois do primeiro aniversário
  • Mas outros marcos motores na infância podem ser ainda mais emocionantes
  • Veja abaixo os 10 marcos físicos para esperar durante os primeiros anos do bebê

Os pais geralmente ficam emocionados quando o bebê dá os primeiros passos, o que geralmente acontece alguns meses depois do primeiro aniversário, aponta Andrew Adesman, MD, chefe de pediatria de desenvolvimento e comportamento do Centro Médico Infantil Steven e Alexandra Cohen de Nova York.

-Publicidade-

Mas outros marcos motores na infância podem ser ainda mais emocionantes, porque essas conquistas significam que seu filho está se tornando cada vez mais independente e expandindo sua capacidade de brincar e aprender.

Veja abaixo os 10 marcos físicos para esperar durante os primeiros anos do bebê. Vale ressaltar que todas as crianças se desenvolvem em tempos diferentes, portanto, não se preocupe caso seu filho não corresponda com as idades apontadas aqui. Leve qualquer dúvida ao pediatra do seu filho.

-Publicidade-
Veja como ajudar seus filhos nesses marcos importantes (Foto: Getty Images)

1. Puxar e empurrar (12 aos 18 meses)

Carrinhos de brinquedo são divertidos de empurrar por aí e ajudam seu filho a se sentir confortável em pé, diz a conselheira de pais Wendy Sue Swanson, M.D., pediatra do Hospital Infantil de Seattle. Uma vez que eles se movem com confiança, puxar um brinquedo (como um carrinho em uma corda) os ajudará a aprender a manipular objetos enquanto caminham, o que lhes dará mais independência e liberdade para explorar.

Isso lhes dará mais independência e liberdade para explorar (Foto: reprodução / Getty Images)

2. Escalar (12 aos 18 meses)

Seu filho está constantemente tentando subir na cama ou na mesa da sala de jantar? A escalada é, na verdade, um marco físico importante para crianças pequenas. Incentive-os a escalar quando você estiver por perto para observá-los, diz Michelle Macias, M.D., uma pediatra de desenvolvimento comportamental da Medical University of South Carolina, em Charleston. Para manter seu filho seguro, proteja sua casa para crianças, fixando móveis pesados ​​nas paredes, mantendo as cadeiras encaixadas nas mesas e sempre supervisionando-as de perto.

Sempre supervisado para não acontecerem acidentes! (Foto: Getty Images)

3. Agachar (12 aos 18 meses)

Agachar significa que os músculos do seu filho estão ficando mais fortes e a coordenação dele está melhorando. Não subestime essa habilidade sutil em que seu filho para, se abaixa para pegar algo e depois volta a andar. Isso significa que seu filho está com os pés firmes, o que requer um equilíbrio considerável. É também um grande passo em direção à independência, já que seu filho não precisa mais que você pegue os brinquedos para ele. As crianças tendem a dominar a técnica três meses depois de aprender a andar, mas não há necessidade de ensiná-la.

Assim ele pode pegar os próprios brinquedos (Foto: Getty Images)

4. Correr (15 aos 24 meses)

Depois que as crianças aprendem a andar, elas também querem correr. “As crianças podem passar da caminhada à corrida em questão de semanas ou até dias”, diz o Dr. Swanson. Inspire seu filho a correr correndo atrás dele e depois deixe-o perseguir você. Também o ajude a fortalecer os músculos das pernas fazendo-os pegar os brinquedos na ponta dos pés. Brincar em algum lugar onde cair não vai doer, como na grama.

Muitos bebês começam a correr pouco depois de começarem a andar (Foto: Getty Images)

5. Arremessar (15 aos 18 meses)

Cada vez que seu filho arremessa uma bola ele está testando o equilíbrio e a agilidade, ao mesmo tempo que aprimora a coordenação motora. Observe a mão que eles usam para lançar a bola. Por volta dessa idade, as crianças começam a mostrar dominância com a mão esquerda ou direita. Para ajudar seu filho a dominar essa habilidade, é melhor pensar pequeno. Jogue bola mais macia ou até bolas sensoriais (sua textura torna-as mais fáceis de agarrar).

Nessa época as crianças podem mostrar dominância da mão esquerda ou direita (Foto: Getty Images)

6. Dançar (15 aos 20 meses)

Se mexer no ritmo da música significa que seu filho descobriu uma maneira divertida de desafiar seu corpo e está aprendendo a integrar uma variedade de movimentos em sequências! Incentive seu filho a se mexer tocando suas músicas favoritas e introduzindo um chocalho ou um pandeiro. As crianças desta idade gostam de imitar o que veem, por isso não tenha medo de usar seus próprios movimentos com elas e acompanhar o ritmo.

Dance junto para eles acompanharem o seu ritmo (Foto: Getty Images)

7. Chutar (18 aos 26 meses)

Para desenvolver as habilidades do seu futuro astro do futebol, role e chute as bolas na direção deles. (Certifique-se de usar uma bola leve e macia que não os machuque, diz o Dr. Swanson.) Se eles tiverem problemas para se equilibrar ao levantar o pé para chutá-la, peça-lhes que ele se segure em uma mesa de centro ou a mão de alguém enquanto ele mira.

Isso os ajudará muito com o equilíbrio (Foto: Getty Images)

8. Andar de ré (15 aos 24 meses)

Esse movimento é surpreendentemente difícil para uma criança pequena dominar, principalmente porque isso envolve os glúteos e o quadríceps (o que o andar normal não faz). Seu filho pode descobrir como fazer isso logo aos 15 meses, mas não se preocupe se não tiver acontecido quando ele fizer 2 anos. Uma maneira divertida de incentivar o andar para trás é dar-lhe um brinquedo de puxar. É difícil andar e puxar um cachorro em uma corda ao seu lado corretamente, então seu filho provavelmente terá que se virar e puxá-lo em direção ao corpo. Logo eles começarão a andar para trás naturalmente quando o brinquedo chegar até eles.

Começar a andar de ré é sempre difícil (Foto: Getty Images)

9. Usar as escadas (18 aos 22 meses)

Essa atividade desafiadora envolve grandes grupos musculares da criança e requer força e equilíbrio para passar de uma perna para a outra. A maioria das crianças começa a aprender curvando-se para a frente e colocando as mãos no degrau acima deles, eventualmente avançando para se segurar em uma grade (ou em sua mão) dos 18 aos 22 meses. A segurança nas escadas é uma alta prioridade, portanto, use os portões na parte superior e inferior e nunca deixe seu filho praticar sem supervisão. Se a possibilidade de uma queda o deixar nervoso, tente esta alternativa mais segura: deixe-os experimentar nas escadas de um pequeno escorregador em um parquinho de crianças.

Mantenha seu filho seguro, coloque ‘portões’ na parte superior e inferior da escada (Foto: Getty Images)

10. Pular (24 meses)

Por volta do segundo aniversário do seu filho, ele pode começar a pular quando fica animado. Para encorajá-los, tente tocar música: algumas boas canções podem fazê-los pular, diz o Dr. Adesman. Não se esqueça de pular você também. Seu filho pode gostar de imitar seus movimentos.

Ele pode começar a pular quando fica animado (Foto: Getty Images)

-Publicidade-