Fernanda Paes explica motivo de ter interrompido congelamento de óvulos

Em entrevista ao Pod Delas, a apresentadora contou que não foi na “Farofa da Gkay” por ter começado o procedimento

Resumo da Notícia

  • Fernanda Paes Leme contou em entrevista que iniciou o processo para o congelamento de óvulos;
  • A atriz explicou que este foi o motivo de não ter participado da "Farofa da Gkay";
  • Ela desabafou sobre a pressão que recebe desde o início da carreira para casar e ter filhos.

Na tarde desta quarta-feira, 15, a apresentadora Fernanda Paes Leme contou em entrevista ao Pod Delas que não foi à ‘Farofa da Gkay’, festa de três dias que aconteceu no Ceará, porque iniciou o procedimento de congelamento de óvulos no mesmo dia que a festa iria começar.

-Publicidade-

“Eu não fui porque foi exatamente o momento que decidi que ia congelar o óvulo. Eu tinha feito os exames e comecei o procedimento, que não é muito agradável, de hormônio, você fica mexida”, continua ela, que contou que precisou fazer ultrassons a cada dois dias, além da inserção de hormônios no organismo. “Isso foi um assunto que me estressou tanto que eu não consegui congelar”, diz Fernanda, emocionada ao compartilhar a história.

Ela afirmou que a pressão do público na internet a desmotivou de iniciar o processo em um momento mais adequado para seu corpo. “Me prejudicou tanto essa cobrança (de ter filhos), que eu deixei de lado para fazer em outro momento. Eu tentei as primeiras doses e não estava respondendo tanto. A gente preferiu parar e tentar ano que vem”, complementa Fernanda.

Na entrevista, Paes Leme pede mais cuidado para o que as pessoas dizem sobre a vida de terceiros na internet. Nos comentários do Pod Delas, transmitido ao vivo pelo Youtube, os ouvintes se solidarizam com a situação vivida por Fernanda. “Essa pressão em cima das mulheres é muito cruel. Da idade, de ter um relacionamento estável, de ter uma profissão estável. Somos humanas, não cabe o julgamento de ninguém em nossas experiências pessoais”, disse uma.

Em seu Instagram, a atriz falou abertamente pela primeira vez sobre o assunto, após a entrevista: “Eu sou uma mulher esclarecida, consciente do meu corpo, me cuido, me adoro e sei de todos os meus tempos e processos. Ser cobrada pelo que acontece internamente em nosso corpo é cruel. Se cobrada por um processo que muitas vezes nem está ao nosso alcance ou da medicina é cruel. Filhos não se cobra. Gravidez não se cobra”, escreveu.

A atriz e apresentadora desabafou sobre a pressão de ser mulher durante toda a carreira
A atriz e apresentadora desabafou sobre a pressão de ser mulher durante toda a carreira (Foto: Reprodução/Instagram @fepaesleme)