Grande família

Sem babá nem empregada, Vanessa e Marcio se desdobram para cuidar dos quatro filhos e manter a casa em ordem

-Publicidade-

Vanessa, Marcio, Nicollie, Enzo, Ryan, Lucca, Chandara, Madonna, Preta, Branca, Papagaio. Essa turma toda mora na casa da família Servilha, em São Bernardo do Campo, pertinho de São Paulo. Tudo começou há sete anos, quando o casal Vanessa e Marcio decidiu fazer tratamento para engravidar, depois de 3 anos de tentativas. Sucesso triplo. Quando descobriu que tinha trigêmeos a caminho, ela levou um susto. A primeira grande mudança foi a compra da enorme casa à beira da represa.Nos primeiros meses, Marcio mudou o escritório para dentro de casa e ficou ajudando Vanessa com as crianças, sem babá! “Uma vez a gente não saiu do quarto o dia inteiro, em função dos bebês”, conta ela. “Um não, foram vários dias assim”, corrige ele. Mais tarde, eles bem que tentaram contratar babás para ajudar. Mas não deram sorte: “como a gente ficava muito tempo fora de casa, tinha uma que trazia o namorado para cá e ficava com ele. Teve outra que levou coisas nossas”, lembra Vanessa. Depois dos fracassos, decidiram ficar sem ninguém mesmo. Nem faxineira. Parece milagre dar conta da casa toda e das crianças sozinha. 

Quer dizer, sozinha não, Marcio ajuda bastante. E ela ajuda no escritório dele, além de trabalhar como fotógrafa, com estúdio próprio.

-Publicidade-

Quatro anos depois dos trigêmeos, Vanessa engravidou do Lucca. Dessa vez, naturalmente. Surpresa total. O caçula é grudado no pai e, até hoje, aos 3 anos, dorme na cama do casal. É o reizinho da casa, como diz Vanessa. Por ser o menor, os irmãos não brigam com ele e os pais também acabam cedendo aos seus desejos.

A casa foi se adaptando à grande família aos poucos. Hoje, estão reformando um quarto para a Nicollie no andar de cima, o que vai liberar espaço para o futuro quarto do Lucca. No andar de baixo, tem piscina, cama elástica, mesa de sinuca, de damas, de pebolim… Além da bicharada toda. E um caiaque, que é usado aos finais de semana na represa logo em frente. 

Vanessa lida muito bem com toda essa turma em casa. O jeito é não ter frescura. Resolve tudo rápido, da forma mais prática possível. E é assim que ainda consegue fazer ginástica todo dia, manter as unhas feitas e sair só com o marido à noite de vez em quando. “Adoro dançar”. Haja energia!  

Jogo rápido

Tratamento

Marcio tinha varicocele e testículo alto. Por isso, o casal fez tratamento para engravidar. Depois, ele operou, e aí “voltou a funcionar”. Foi quando veio o quarto filho.

Alimentação

Os trigêmeos comem bem, mas o Lucca não come nenhuma fruta nem verdura, só gosta de papinha. 

Capoeira

Três vezes por semana a família vai junto para a capoeira. Todos fazem, inclusive os pais.

Atividades

As crianças fazem judô, futebol, dança e natação. Marcio também comprou vários instrumentos musicais para estimular o aprendizado. Na casa tem violão, violino, bateria – e não são de brinquedo.

Pets

As crianças não gostam muito dos cachorros porque eles são grandes e pulam. Então, os três ficam presos no terreno ao lado. O papagaio também fica preso, só a gata Chandara é que caminha livre pela casa.

Previous Next
-Publicidade-