Bebês

Hora de engatinhar: você sabe como encorajar seu bebê?

São dicas simples que fazem toda a diferença!

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

little-baby-playing-with-his-father-picture-id517515046

(Foto: iStock)

Existem diversas maneiras de trabalhar o equilíbrio do seu filho. Alguns exercícios ativam os músculos da barriga, do pescoço, braço, costas e ombros dos bebês, e isso pode encorajá-lo a engatinhar. Aqui estão algumas dicas para te ajudar nesse processo:

Construa esses músculos 

Comece supervisionado o tempo que ele fica de barriga para baixo durante suas primeiras semanas de vida, isso faz a diferença. Para começar, coloque-o em um cobertor no chão de três a cinco minutos duas ou três vezes por dia. Uma boa ideia é colocar um brinquedo fora de seu alcance para que ele tente ir atrás. Sempre que ele levanta a cabeça, olha para o lado ou mexe as pernas, ele está construindo força na parte superior do corpo e nas pernas.

Preste atenção aos sinais 

Com cerca de um a dois meses, seu bebê só será capaz de levantar a cabeça por alguns segundos. Mas com tempo e o exercício de bruços, ele conseguirá ficar por mais tempo. Em seguida, ele começara a fazer “mini flexões” – primeiro apoiando-se nos cotovelos e, às vezes, os braços. Logo depois disso, ele vai conseguir se levantar em suas mãos e joelhos. Ele provavelmente não vai engatinhar ainda, mas significa que a força muscular está lá, ele só não descobriu como se mover ainda.

Pode parecer engraçado no começo 

Os bebês geralmente começam engatinhando para trás. Eles exploram com os braços e pernas e, se seus braços são mais fortes, eles podem andar na direção errada. Mesmo que seu bebê não esteja “andando” ao contrário, o engatinhar pode parecer um pouco estranho. Mas tá tudo bem, o importante é que ele tem a coordenação e força para ir do ponto A ao ponto B.

Seja paciente

Fale com o pediatra do seu filho se ele ainda não apresentou sinais de mobilidade até o primeiro ano de vida ou se ele engatinha com movimentos assimétricos. Caso contrário, seu estilo de engatinhar – ou a falta dele – provavelmente significa algo bom. Ele pode não estar interessado em engatinhar porque está focado na construção de outras habilidades. Apenas seja paciente. Seu bebê vai encontrar uma maneira de se locomover quando estiver pronto.

Leia também:

Sem neura de limpeza! Deixe seu filho engatinhar sem medo de ser feliz

Vídeo: Bebê tem ajudinha especial para aprender a engatinhar

Conheça três exercícios para ajudar seu bebê a ficar mais forte