Introdução de alimentos sólidos: tudo o que você precisa saber

Médico do departamento Materno-Infantil do Hospital Albert Einstein, dr. Claudio Len é nosso braço direito quando surge alguma dúvida sobre a saúde do seu filho

Resumo da Notícia

  • Não há uma regra geral, e que as características de cada criança e de cada família devem ser respeitadas
  • A oferta de alimentos é feita com 6 meses de idade
  • Os alimentos devem ser mais pastosos a partir do 4º ou 5º mês
Dr. Claudio Len, pai de Fernando, Beatriz e Silvia, pediatra e nosso megaconsultor, formado pela Faculdade de Medicina da Santa Casa de São Paulo (Foto: Arquivo Pessoal)

A introdução dos alimentos sólidos, como as frutas e a papa de legumes, é sempre muito esperada pelos pais (e pelos avós também!). Além das necessidades nutricionais, que vão mudando entre o quarto e o sexto mês, oferecer alimentos com sabores variados abre uma janela de interação das crianças com o mundo. Gosto de falar para os pais que não há uma regra geral, e que as características de cada criança e de cada família devem ser respeitadas.

-Publicidade-

A época de introdução de alimentos como frutas e papas de legumes depende de fatores como tipo de aleitamento (materno ou por fórmula láctea), desenvolvimento do bebê e necessidade da volta da mãe ao trabalho. No caso de aleitamento materno exclusivo e de fórmulas lácteas, a oferta de alimentos é feita com 6 meses de idade. No caso da volta da mãe ao trabalho no quarto mês de vida do bebê (o que é bastante comum), a introdução pode ser antecipada para o quarto ou quinto mês.

Oferecer alimentos com sabores variados abre uma janela de interação das crianças com o mundo (Foto: Getty Images)

Minha filha começou a introdução de alimentos sólidos faz dois meses. Hoje, com 8 meses, ainda não come muito bem as papas salgadas. O que posso fazer nesse caso? Gisela, mãe de Alice.

-Publicidade-

O tempo de aceitação das frutas e papas de legumes é variável. Alguns bebês já comem tudo o que é oferecido em dois ou três dias. Por outro lado, a aceitação pode demorar até dois ou três meses. Neste caso, os pais devem ter calma. Recomendo que você não insista quando ela recusar, mas evite oferecer o peito na hora da recusa. Em alguns casos, é necessário e recomendado que a mãe saia e que outra pessoa ofereça a comida.

Daqui a dois meses começo com alimentos sólidos, já que meu filho tem 4 meses, mas estou com medo, porque ele tem fenda palatina no lado direito da boca (conhecida também como lábio leporino). Será que vocês podem me ajudar? Mariana, mãe de Artur

A alimentação de crianças com fenda palatina costuma ser tranquila, mas podem surgir problemas de mastigação. De um modo geral, os alimentos devem ser mais pastosos a partir do 4º ou 5º mês. O ideal é que fonoaudiólogos e médicos especializados orientem a introdução de alimentos durante o primeiro ano de vida, para que a criança aceite bem o novo cardápio.

Minha filha de 5 meses começou a ingerir os alimentos sólidos, mas está com dificuldades para fazer cocô. Quais os alimentos que devo oferecer para o intestino dela funcionar bem? Raquel, mãe de Carolina

Alguns alimentos costumam ser laxantes e podem ser oferecidos para bebês com 5 ou 6 meses de vida. Destaque para o mamão, ameixa-preta, folhas verdes e aveia. No entanto, a relação entre a ingestão de alimentos e o hábito intestinal varia muito de uma criança para outra. Nessa hora, é importante marcar uma consulta com o pediatra, que pode orientar a conduta em cada um dos casos.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-