Juliana Paiva faz live com Huggies para falar sobre amamentação: veja como assistir

A transmissão será em homenagem ao Agosto Dourado e conta com a participação de Nathalia Santos e Bruna Briones

Resumo da Notícia

  • Huggies promove live para falar sobre o Agosto Dourado
  • A transmissão contará com a participação de Juliana Paiva, Nathalia Santos e Bruna Briones
  • Ela acontece nesta quarta-feira, 11 de agosto

Novidade na área! Nesta quarta-feira, 11 de agosto, às 19h, a Huggies vai receber Juliana Paiva, bailarina e professora que faz parte do time de embaixadores da marca de cuidados com bebês da Kimberly Clark, para uma live sobre o Agosto Dourado. A live vai acontecer no perfil da bailarina (@PaivaJuliana) e na página do Instagram da marca (@HuggiesBrasil).

-Publicidade-

A bailarina estará acompanhada da jornalista e também embaixadora de Huggies, Nathalia Santos (@nathaliasantos), e a pediatra Bruna Briones – para uma troca de experiências e reforço da importância do mês que discute o aleitamento materno.

A live acontece nesta quarta-feira (Foto: reprodução/ Getty Images)

Mais sobre o Agosto Dourado

No 1º de agosto é o Dia Mundial da Amamentação e o início do Agosto Dourado, que reforça a importância do incentivo à amamentação. A cor foi escolhida por estar relacionada ao padrão ouro de qualidade do leite materno e é comemorada há mais de 20 anos!

Em 2021, é trazido a reflexão sobre o tema “Proteger a amamentação: uma responsabilidade de todos”, que só prova (ainda mais!) o quanto a rede de apoio é fundamental para a mãe que está amamentando. É preciso pedir ajuda e você não é menos por isso e nem pior.

Amamentar não é uma tarefa fácil (a gente sabe) e vai além de apenas dar o leite ao bebê. É um ato de amor, proteção e carinho, que faz toda diferença no desenvolvimento da criança ao longo da vida. Sem a orientação correta, esse momento deixa de ser prazeroso para mãe e filho e pode causar dor e dificultar a pega pelo bebê. Por isso, é muito importante insistir que as mães não desistam de amamentar. A Organização Mundial da Saúde e o Ministério da Saúde recomendam o aleitamento exclusivo até o 6º mês de vida, pois as fórmulas e leites especiais não se igualam ao leite que vem da mãe.

Qual a importância da participação do pai e da rede de apoio durante a amamentação?

“A amamentação é um intenso aprendizado entre a mãe que produz o leite materno e o bebê que precisa aprender a extrair o leite que é o único alimento completo para o crescimento e desenvolvimento adequado. É um processo que exige muita atenção, dedicação e auxílio. Para produzir leite a mãe passa por importantes alterações hormonais o que muitas vezes leva a alteração emocional. A mãe precisa de apoio e reconhecimento nesse momento da maternidade e amamentação. Sendo assim, eu digo aos pais, se a mãe estiver bem cuidada e se sentir acolhida, o bebê estará muito bem cuidado. Dentro deste contexto o pai e toda a rede só não podem amamentar, o restante, todos podem e devem se envolver e participar“, explica a enfermeira pediátrica e consultora em aleitamento materno, Eneida Souza, mãe de Julia, Beatriz e Daniel.

Como ajudar a mãe que está amamentando

O acolhimento e suporte na participação dos cuidados com o bebê fazem toda a diferença. Por isso, você pode auxiliar a mãe a recordar os passos e checar se o bebê está com a pega correta. Olhar se a posição que ela está é confortável também ajuda (e muito!). Além disso, não esqueça de reforçar que ela não está sozinha nessa nova fase e pode sempre contar com você.