Bebês

Leite materno azul intriga mãe e cientistas explicam mudança de cor

Jody Danielle Fisher, mãe da Nancy, de um ano, tem uma teoria curiosa sobre a coloração estranha

Giovanna de Boer

Giovanna de Boer ,filha de Karen e Christiano

(Foto: GETTY IMAGES/ JGI/JAMIE GRILL:

A britânica Jody Danielle Fisher postou uma foto no Facebook do leite materno “normal” ao lado de uma mamadeira com leite materno “azul”, mas ela não esperava que a foto rodasse a internet! A alegação é de que este leite “azul”, foi produzido dois dias depois da filha , Nancy, de um ano, ter tomado vacina. A cor do leite deixou a web intrigada.

A mãe explicou o que estava acontecendo. “É azul por causa dos anticorpos que meu corpo está produzindo, pois ele acha que está doente após minha filha ter sido vacinada! Quando ela mama, a saliva manda sinais para o meu corpo para produzir mais leite com anticorpos específicos da doença!”, explicou Jody. Mas os especialistas não estão convencidos de que a mudança de cor é resultado das vacinas.

A mãe diz que a cor é resultado dos anticorpos produzidos (Foto: Facebook / Jody Danielle Fisher)

“Embora ainda existam muitas coisas que não sabemos sobre o leite humano, temos o conhecimento de que o leite materno tem uma grande variedade de cores e consistências. A grande maioria dessas diferenças é considerada normal”, disse Barbara Cohen, consultora de lactação em Nova York, à Parentes.com. “O leite materno pode mudar de cor por diversas razões, incluindo a hora do dia. “A cor azulada é mais perceptível durante os primeiro minutos de expulsão do leite, quando a composição é maioria”, disse Nancy Hurst, diretora do Serviço de Apoio à Mulher do Pavilhão de Mulheres do Texas, em Houston, à Romper. “Como o peito continua a esvaziar, a composição muda para o leite posterior, que é mais alto em gordura, dando-lhe uma cor mais cremosa.”

A médica ainda acrescentou: “A mãe pode notar a cor azulada quando ela passa mais tempo entre as bombadas, digamos logo de manhã, quando os seios estão mais cheios. Uma coloração azulada no leite materno se deve principalmente à composição do leite e como a luz reflete”. Jody respondeu as sugestões de mudança de cor devido a sua dieta ou o tempo de sua sessão de bombeamento, insistindo que o leite materno azulado na foto viral “foi tirado logo após a mamada” e não foi prioritário.

Ela acrescentou que não havia comido “qualquer coisa artificialmente colorida” ou que tivesse suplementos ou vegetais verdes nos dias que antecederam a produção do leite materno “azul”. “Meu leite só é dessa cor quando minha filha está doente”, escreveu ela. “Nunca fica assim quando ela está bem de saúde”.

De acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças, as vacinas contêm os mesmos antígenos que causam as doenças, mas esses “germes” foram mortos ou enfraquecidos a ponto de não deixar a pessoa doente. Uma vacina estimula o sistema imunológico para produzir anticorpos como se realmente estivesse doente. Assim, quando você for exposto a doença, não ficará tão mal porque o seu corpo já vai estar preparado.

Sabendo disso, seria superdemais se o leite materno de Fisher reagisse aos anticorpos da filha recém-vacinada. No entanto, a ciência não tem como confirmar essa informação ainda. Mesmo assim, a foto foi compartilhada mais de 7.000 vezes e recebeu mais de 9.000 comentários, muitos deles apoiando a mãe. Uma pessoa disse: “Uma das razões pelas quais eu quero amamentar”. Outro escreveu: “Absolutamente incrível! Realmente, nossos corpos são maravilhosos”.

Leia também:

Tudo sobre amamentação: as 17 maiores dúvidas das mães

Medicamento mais caro do mundo de R$ 9 milhões pode salvar vida de bebê com doença rara

Tire suas dúvidas sobre doenças respiratórias e aprenda a forma certa de cuidar do nariz de toda família