Mãe cria loja online para vender roupas do filho

O desapego se transformou numa fonte de renda extra

Esse conjunto foi presente de família (Foto: reprodução/Antes de Mim/Lojinha da Elisabeth Santos)

O conjunto acima foi usado pelo sobrinho de Elisabeth Santos e dado de presente ao filho caçula dela. “Nós viemos de uma família humilde, então, em casa a roupa que não cabia mais era passada para o irmão mais novo”, explica. 

O costume continua agora com os filhos. Além do significado familiar, a peça também carrega uma lembrança difícil, mas com final feliz. O irmão de Elisabeth teve dificuldade para se tornar pai e demorou 7 anos até realizar o sonho

Esta roupa usada por Matheus Elicio fez com que ela se sentisse mais próxima ao irmão por muitos anos, mas agora que não serve mais no filho, decidiu compartilhar a história e a peça com outras mães, vendendo online

Ela criou uma loja no site Antes de Mim, um brechó feito para as mães anunciarem e comprarem produtos seminovos por um preço mais em conta. É  a possibilidade de renovar o guarda-roupa.

“É o máximo a possibilidade de passar adiante itens dos nossos bebês para que outros também possam usufruir”, conta. E sendo empreendedora, a mãe consegue trabalhar e cuidar dos filhos ao mesmo tempo

Ela gostou tanto da iniciativa que não apenas vendeu, mas já comprou algumas roupas. E não é só isso que atrai a empreendedora para o site: Elisabeth ressalta a possibilidade de compartilhar experiências ali.

“Sempre foi um sonho ter algo para chamar de meu. Eu me sinto orgulhosa de mim”, conta. Se você também quer desabafar e receber o apoio de outras mulheres, pode acessar o site. Aproveite para fazer sua loja e desapegar. 

Você também pode criar sua loja no site Antes de Mim (Foto: Getty Images)

Leia também: 

Mãe vê no empreendedorismo a chance de recomeçar e cria loja online

Natal em família ganha novo sentido com a vinda do filho e mãe compartilha a história

Brechó infantil permite que mãe desapegue das roupas dos filhos