Bebês

Mãe desabafa após filha tomar medicamentos: “Quando vi ela já estava com a cartela na boca”

Carmela tem um ano e quatro meses

Nathalia Lopes

Nathalia Lopes ,Filha de Márcia e Toninho

Carmela deu um susto nos pais (Foto: Reprodução/Instagram @danicabrera)

Daniela Cabrera, mãe de Carmela e Manu, tomou um susto na madrugada da última quarta-feira, ela estava brincando com as duas filhas antes de colocá-las para dormir quando percebeu que a bebê de apenas um ano e quatro meses achou os remédios que ela tinha no quarto.

Ela percebeu que a menina poderia ter engolido um comprimido e depois que a situação estava controlada, usou as rede sociais para falar melhor sobre o caso e alertar outras famílias. Dani postou uma série de stories e explicou o que aconteceu.

“Por um descuido meu, Lala achou uma os remédios no meu quarto. Fui dar atenção para a Manu e quando eu vi ela já estava com uma cartela na boca. Entrei em pânico, mas não sabia se ela tinha tomado ou não”.

“A pediatra me orientou a ficar de olho nela e levar para o hospital se acontecesse mais alguma coisa. Mas que era do males o menor, porque o remédio não era forte”. Ela também conta que sabia que o melhor era a filha vomitar, mas não sabia como fazer isso.

Dani usou as redes sociais para um alerta (Foto: Reprodução/Instagram @danicabrera)

A noite mais longa de todas 

Dani continua o relatou dizendo que colocou as meninas para dormir que se sentia muito culpada por toda a situação e começou a orar pela saúde da filha. “Mas dez minutos depois de ter dormido, ela sentou na cama e vomitou duas vezes, muito! E aí eu me desesperei achando que ela realmente tinha tomado. Liguei novamente para a pediatra que nos orientou a irmos para o hospital “, explica

A família seguiu as orientações da médica e passou a noite no hospital. Carmela ficou em observação, mas recebeu alta pela manhã. Essa é uma história realmente muito preocupante, mas Dani deixou um recado para as outras mães:

“Com isso, aprendi que não podemos descuidar nem dez segundos. Ela abriu a gaveta, abriu minha necessaire e pegou os medicamentos. Poderia ser muito pior. Felizmente, não eram remédios mais fortes. Mesmo assim, fiquei em pânico”.

Leia também: 

Estudo prova que ouvir a voz da mãe é melhor que remédio

Bebê de 1 mês se engasga com remédio e é levado às pressas para o hospital

Bebê de 7 meses quase perde a vida após ‘overdose’ de creme dental e mãe faz desabafo