Mãe desabafa sobre a irmã querer “roubar” o nome da filha e o motivo é surpreendente

Ela foi nas redes sociais para contar o caso quando descobriu que a irmã usaria o mesmo nome da filha mais velha para batizar a futura bebê, coisa a qual não agradou muito a mãe e fez a família inteira se dividir ao meio nessa briga

Resumo da Notícia

  • Mãe descobre que a irmã vai usar o mesmo nome da filha pra batizar a sobrinha
  • Ela pediu para que a irmã repensasse pois o nome tinha significado emocional para ela
  • Os pais das irmãs acabaram escolhendo lados diferentes nessa situação
As duas irmãs querem colocar o mesmo nome nas filhas (Foto: reprodução/ Getty Images)

Todo pai e mãe sabe que escolher o nome do filho pode ser uma tarefa difícil, mas muito divertida. Uma mãe contou uma história muito intrigante: a irmã acabou escolhendo os mesmos nomes dos filhos dela. E é claro que a situação dividiu a família.

-Publicidade-

O nome do sobrinho é Jaxon Henry e o nome da sobrinha é Emersyn Ivy. “Ivy é um nome de família do nosso lado. É o nome do meio da minha filha de dois anos, pois honra o apelido da minha mãe. Eu estou bem com ela usando, pois na minha opinião os nomes de família são um jogo justo. Henry é um nome de família ao seu lado. Coincidentemente, também é um nome do lado do meu marido – e será o nome do meio do meu filho. Isso também é legal, além de ser estranho que seja um nome tão forte para os dois maridos”, contou a mãe.

“No entanto, meu problema está com Emersyn. Emersyn é o nome completo da minha filha de sete anos. Era uma maneira de honrar a falecida mãe de meu marido, pois Emersyn era o nome de solteira dela. Embora minha filha tenha adotado a forma abreviada de Emily desde os dois anos de idade, amamos seu nome completo e o significado que isso tem para nós, especialmente meu marido”.

-Publicidade-

Segundo o site Little Things, a mulher questiona a escolha da irmã pois ela já sabia dos significados para a família e, mesmo assim, escolheu estes. “Ela começou a chorar e disse que eu estava arruinando o sonho dela”, contou sobre o momento que resolveu tirar satisfações.

Enquanto o pai das duas irmãs está defendendo ela, que escolheu os nomes primeiro e que, teoricamente, apresentou a justificativa do valor sentimental do nome, a mãe das mulheres está do lado da outra filha. “Minha mãe está do lado da minha irmã, pois ‘é justo que ela possa usar o nome que ama, além disso, quando pensamos na sua filha, pensamos Emily, não Emersyn”.

“Minhas últimas palavras para ela foram: ‘Mude o nome do seu filho, senão não o usarei perto dela.’ Meu pai, marido e irmã concordam que, se o filho deles for menina, nós o abordaremos apenas pelo nome do meio. Minha mãe está me ligando, me dizendo que minha irmã está chorando e eu estou sendo tão má, arruinando a gravidez dela etc”, desabafou.

A mãe que questionou a irmã está grávida novamente, de trigêmeos, o que deixa toda a situação um pouco mais dramática. Então a briga dividiu a família em duas partes justo em um momento em que todos deveriam estar felizes. Aparentemente, a irmã não quer ceder e escolher outro nome, fazendo com que a primeira precise lidar com o fato de que a filha e a sobrinha terão o mesmo nome.

    -Publicidade-