Bebês

Mãe desabafa sobre a morte do filho de 1 ano: “Eu o segurei, ele caiu no sono e não acordou mais”

Danyl foi diagnosticado com malformação quando ainda estava no útero da mãe

Isabella Zacharias

Isabella Zacharias ,Filha de Aldenisa e Carlos

Danielle engravidou de Dylan e Danyl (Foto: Reprodução / Daily Mail)

Danielle O’Shaughnessy, de Newscastle na Inglaterra, já era mãe de Oliver, de 2 anos, quando engravidou de Dylan e Danyl.

Danielle foi orientada por seus médicos a abortar Danyl, que foi diagnosticado com má formação no coração e poderia prejudicar o irmão gêmeo. Porém, Danielle e Kevin decidiram continuar com a gestação, mesmo com os médicos afirmando que, após o nascimento, Danyl iria viver, no máximo, por 3 dias, porque sua má formação era incurável.

Na foto, Danielle, Danyl, Oliver, Kevin e Dylan (Foto: Reprodução / Daily Mail)

Danyl e Dylan comemoraram 1 ano de vida, contrariando as expectativas dos médicos. Porém, dez dias após o aniversário de 1 ano, a saúde de Danyl começou a piorar. Danielle percebeu que Danyl não conseguia pegar sua chupeta. “Eu disse para minha mãe: ‘ele vai morrer'”, ela conta em entrevista ao Daily Mail. “Cinco minutos depois que eu disse isso para minha mãe, a respiração dele mudou completamente. Eu o segurei, ele caiu no sono e não acordou mais”.

Danielle conta que foi tudo muito rápido e diferente da maneira que os médicos disseram que seria. “Fiquei feliz porque ele não sofreu, ele morreu na hora ele e em paz, isso me deixa tranquila e em paz comigo mesma”, ela disse ao Daily Mail. “Disseram que ele não ia viver mais do que 72 horas, mas ele viveu por 1 ano e 10 dias. Tivemos muitos momentos preciosos juntos. Sou grata por ter vivido um ano com Danyl”, ela conta.

Leia também:

Relato de mãe: “Minha amiga quer passar duas semanas em casa justamente quando minha filha vai nascer!”

Mãe desabafa depois de marido exigir que ela perdesse peso uma semana após dar à luz

Mãe faz alerta depois da filha ter reação alérgica grave a comida: “Foi silencioso e sem sinais”