Bebês

Mãe doa leite materno após perder o próprio filho

A história de Sierra Strangfeld é um exemplo de empatia

Bruna Floriano

Bruna Floriano ,filha de Renata e Sérgio

Sierra Strangfeld também é mãe de uma menina (Foto: reprodução/ Facebook)

Sierra Strangfeld, de Nellisville, Wisconsin, teve uma atitude nobre após perder o próprio filho, Samuel, três horas após o parto. O bebê foi diagnosticado com trissomia 18 e acabou falecendo. Mesmo em luto, mãe teve a iniciativa de doar o leite materno que o próprio corpo produziu para o filho.

Ela bombeou o leite durante 63 dias. “Eu não poderia salvar a vida de Samuel, mas talvez eu pudesse salvar a vida de outro bebê”, desabafou Sierra no Facebook. Ela estava na metade da gravidez com seu segundo filho quando descobriu sobre a doença.  A trissomia 18 também é conhecida como síndrome de Edwards, e é muito rara.

Sierra e Samuel na hora do nascimento (Foto: reprodução/ Facebook)

Quando os médicos perceberam que Samuel não sobreviveria , ela teve uma cesariana de emergência e, três horas depois, o bebê veio a falecer. “Suas mãos estavam cerradas, seus pés estavam batidos, ele era pequeno, mas ele era tão perfeito. Ele lutou tanto para nos encontrar”, disse Sierra ao GMA.

A filha mais velha de Sierra recebeu leite doado pela cunhada, tia da menina. Inspirada por aquela situação, a mãe em luto quis seguir a tradição e ajudar outras mães, em memória a Samuel.

Leia também: 

Menina que venceu o Câncer arrecada mais de 5 mil litros de leite para hospital

Pai do bebê que nasceu sem rosto publica foto inédita do filho e hospital conta qual é o estado de saúde dele

“Seu filho não precisa do seu leite, ele precisa de você”