Mãe é criticada por vestir filhos gêmeos com cores diferentes: “Consigo diferenciá-los assim”

Uma mãe de meninos gêmeos idênticos admitiu que os veste com roupas coloridas para que ela sempre possa distingui-los

Resumo da Notícia

  • Uma mãe contou sua experiência online
  • A mãe veste os filhos gêmeos com cores diferentes
  • Porém um membro da família não achou certo

Uma mulher foi ao popular fórum do Reddit para questionar se ela estava errada ou não ao adotar a escolha da moda para seus filhos – uma decisão que deixou a crítica de alguns parentes. “Eu tenho um conjunto de meninos gêmeos idênticos de 1 ano de idade”, começou. “Meu marido e eu somos esquecidos e ter um novo bebê é cansativo, eu tinha medo de confundi-los.”

-Publicidade-

“Então decidimos que o bebê mais velho, Atticus, seria azul, e o mais novo, Ezra, seria verde. No início, compramos apenas macacões verdes ou azuis, imaginando que, assim que suas personalidades se desenvolvessem mais, eu integraria mais cores.”

Ela acrescentou que ambos os lados da família “sabem que fazemos isso”, e muitos deles usam isso para distinguir os meninos “apesar de meu marido e eu sermos capazes de saber qual é qual não é problema (como depois do banho quando nenhum dos dois está vestido)”.

Os dois meninos têm cômoda própria – uma de tampo azul e outra de verde – e a maioria das roupas, mesmo as de personagens, são nas respectivas cores. Mas foi numa festa de Natal, quando os meninos chegaram vestindo um suéter azul com um boneco de neve e um suéter verde com uma árvore de Natal, que as coisas começaram.

A mãe vestia os gêmeos com cores diferentes
A mãe vestia os gêmeos com cores diferentes (Foto: Getty Images)

“A prima do meu marido me encurralou e me disse que eu estava sufocando a individualidade dos meninos, já que os obrigava a se vestir como eu queria”, ela continuou. “Quando eu disse a ela que provavelmente diversificaria as camisas quando eles fizessem 3 anos, talvez a partir dos 2, ela enlouqueceu, dizendo que não era justo com eles.”

“Tentei apontar que nenhuma criança de 1 ano sabe o que está vestindo, tem uma palavra a dizer sobre o que é comprado, nem se importa”, ela concluiu, antes de perguntar: “Eu sou errada  por vesti-los com sua própria cor?” A maioria das pessoas concorda que a mulher não estava errada, com uma delas escrevendo: “Não há ‘forçar’ a se vestir nessa idade.”

“Eu sinto falta daquela idade em que eles simplesmente enfiam os braços pelos buracos enquanto você os vestia, felizmente sem saber como eles se parecem. Espere até que façam 4 anos e desenvolva ‘opiniões’ como o meu de 4 anos, que está se apresentando como Rudolf, a rena do nariz vermelho durante todo o mês de dezembro!”

“Mas sim, com 1 ano de idade, se eles são organizados e limpos, quem se importa com o que eles estão vestindo.” Outro acrescentou: “O código de cores é para você e os outros diferenciá-los. Ninguém está sendo prejudicado aqui, especialmente seus gêmeos.”

Uma terceira pessoa comentou: “’Sufocando sua individualidade’. Eles tem apenas 1 ano. Eles, como literalmente todos os outros bebês na terra, não têm voz na forma como se vestem. E não se importam. Quando eles se importarem, você pode diversificar seus guarda-roupas de acordo.”