Mãe é presa por enterrar recém-nascido em terreno baldio: “Não sabia se estava vivo ou morto”

O caso aconteceu em Nossa Senhora do Socorro em Sergipe, a mulher contou que colocou o bebê em uma sacola plástica após o parto e o enterrou

Resumo da Notícia

  • Uma mãe enterrou o recém-nascido em um terreno baldio
  • A mulher disse que não sabia se o bebê estava vivo ou morto
  • O caso aconteceu em Nossa Senhora do Socorro em Sergipe

Uma mulher foi presa na última quinta-feira por ocultar o cadáver de um recém-nascido e enterrá-lo em um terreno baldio, em Nossa Senhora do Socorro em Sergipe. Segundo informações do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), ela alegou não ter certeza se a criança estava viva ou morta, e que, por isso, cometeu o delito.

-Publicidade-

Ainda de acordo com o DHPP, a mãe da criança chegou a negar a gestação, mas acabou confessando que entrou em trabalho de parto sozinha na própria residência. Ela disse também que colocou o recém-nascido em uma sacola plástica para enterrar em um dos terrenos baldios da região onde mora. O DHPP informou que um inquérito policial foi instaurado para a apuração oficial do crime de infanticídio. As informações são do portal do G1.

A mãe enterrou o recém-nascido no terreno baldio
A mãe enterrou o recém-nascido no terreno baldio (Foto: reprodução / Getty Images)

Um bebê foi enterrado vivo dentro de uma fazenda na cidade de Khatima, na Índia, no dia 4 de novembro de 2020. O recém-nascido, segundo o Daily Mail, foi encontrado por um homem que trabalha no local e resgatado com a ajuda de mais outras pessoas. Ainda não se sabe como a criança foi parar lá e nem quando isso aconteceu.

O trabalhador avistou o rosto do bebê para fora de um buraco enquanto passava perto da área. Nas imagens divulgadas pela mídia local é possível ver a situação em que o recém-nascido se encontrava, coberto de terra. Além disso, um vídeo mostra que os socorristas precisaram tirar lama seca da boca e do rosto do menino.