Mãe fica sem reação ao ser proibida de amamentar filha de 1 mês em estacionamento de supermercado

O caso aconteceu na última sexta-feira, dia 24 de junho, na Inglaterra. Uma funcionária do estabelecimento Sainsbury proibiu a mãe de amamentar a filha dentro do próprio carro

Resumo da Notícia

  • Uma mãe foi proibida de amamentar dentro do estacionamento de um supermercado
  • Uma funcionária bateu no vidro do carro e a disse que aquilo era inapropriado
  • O supermercado pediu desculpas a mãe e afirmou que irá treinar melhor os funcionários

Uma mãe foi proibida de amamentar a filha dentro do carro no estacionamento de um supermercado na cidade Kidderminster, localizada na Inglaterra. 

-Publicidade-

A mãe de 25 anos, Beth Coles, contou o caso para a BBC. A jovem disse que na última sexta-feira, dia 24 de junho, ela estava voltando da casa do sogros quando parou em uma unidade do supermercado Sainsbury, quando a filha de 1 mês, Rosie, começou a chorar: “Eu não queria amamentar no supermercado e nem nos provadores, então decidi a levar para fora”.

A mãe ficou sem reação ao ser proibida de amamentar a filha de 1 mês
A mãe ficou sem reação ao ser proibida de amamentar a filha de 1 mês (Foto: Reprodução/ BBC)

Já dentro do carro no estacionamento e com um cobertor a cobrindo, uma funcionária do estabelecimento bateu na janela do automóvel: “Eu abri, pensando que talvez tivesse derrubado algo, mas ela disse ‘Você pode não fazer isso, por favor? É inapropriado’. Eu não consegui reagir, apenas comecei a chorar”. Além disso, ela alega não ter mais vontade de sair de casa: “Eu só quero desistir. Se essa é a reação de pessoas que deveriam apoiar jovens mães, porque me incomodar e sair de casa?”. 

A rede de supermercados Sainsbury pediu desculpas em uma declaração, e alegou que a amamentação é bem vinda nos estabelecimentos da rede. Um representante do supermercado disse que está investigando e que treinará melhor os funcionários.