Bebês

Mãe vai à justiça lutar por filho recém-nascido arrancado de seus braços após o parto

O bebê foi levado por assistentes sociais que disseram que a família não tinha condições de cuidar da criança

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

contato-pele-recem-nascido

O bebê foi levado dos braços da mãe logo após seu nascimento (Foto: Reprodução)

Na Irlanda, uma mãe teve seu bebê arrancado de seus braços, enquanto tentava amamentá-lo pela primeira vez após dar à luz. Os assistentes sociais atenderam a uma ordem de emergência feita pelo Tribunal Distrital. A ordem alegava que o recém-nascido “corria risco de vida grave e imediato”, devido ao histórico familiar.

Publicado no site local Independent, o depoimento da mãe diz que ela se sentiu a “pior pessoa do mundo” ao ter seu filho arrancado de seus braços. De acordo com o jornal, os pais são acusados por históricos de violência doméstica, além de um estilo de vida “negligente”.

A assistência social se referiu à mulher como alguém com “forte senso de espiritualidade“, pois ela já teria feito o sinal da cruz na cabeça de outras crianças com esmalte de unhas. Um dos assistentes contou que a mãe estava com uma bíblia em uma mão e o bebê na outra, preocupada se a cabeça do bebê estava apoiada corretamente.