Bebês

Maior plataforma de babás da Europa chega ao Brasil e promete salvar a sua vida

A Sitly está disponível em todos os estados desde setembro

Yulia Serra

Yulia Serra ,filha de Suzimar e Leopoldo

Tudo isso sem sair de casa (Foto: Getty Images)

Você sempre quer o melhor para o seu filho e por isso tem dificuldade de deixá-lo sobre os cuidados de outra pessoa? Então esse aplicativo vai salvar a sua vida e te dar uma superajuda.

A Sitly é a maior plataforma de babás da Europa e pretende fazer o mesmo sucesso no Brasil. A ideia principal é que você possa encontrar uma babá de confiança, com referências e que se dê bem com as crianças no conforto do seu sofá.

Seja no dia a dia, em para um “vale night” com o marido, ou durante uma emergência no trabalho, a tecnologia vai virar a sua melhor amiga, conectando os pais com as babás de forma rápida e eficiente.

Desde a estreia no Brasil, em setembro deste ano, o serviço já recebe mais de 1.500 cadastros diariamente e a ideia é que esse número chegue a 200 mil babás disponíveis até o final do ano.

A Sitly funciona da mesma forma que os aplicativos de relacionamento. Pais e babás da mesma região dão “match” e, a partir disso, podem trocar mensagens. No site, cada uma delas tem uma breve apresentação pessoal com foto, dias e horários livres, valor cobrado por hora e os tipos de tarefas que se propõem a fazer.

Usando a geolocalização das pessoas, é uma start up de origem holandesa presente em dez países com mais de 2 milhões de cadastrados. A plataforma está disponível em todos os estados brasileiros, então não tem desculpa para ter o seu momento livre.

A ideia surgiu em 2009 de um pai que estava com dificuldade para encontrar alguém que cuidasse dos filhos. Devido ao resultado, dez anos depois, a start up é um case de sucesso.

“A Sitly facilita o acesso a profissionais disponíveis nos arredores, permitindo às famílias encontrarem babás que, de outra forma, talvez jamais conhecessem. Porém, é importante frisar nossa preocupação com a segurança: o aplicativo é utilizado somente para o contato inicial. Se a conversa online for interessante, os pais devem agendar uma entrevista ao vivo com a pessoa escolhida e, durante esse bate-papo, pedir referências e outras informações relativas a experiências anteriores”, explica Rosele Martins, coordenadora de Relações Públicas da empresa no Brasil.

Você pode ler avaliações, filtrar por idade, idioma, preços e datas disponíveis. E se você tem dúvidas sobre quais perguntas fazer, o aplicativo disponibiliza uma lista de questões padrões no site.

Você pode fazer o download do aplicativo pelo celular, tanto para iOS quanto para Android. Caso prefira também pode acessar pelo computador aqui.

“A Sitly foi criada de pais, para pais. Queremos o melhor para os nossos filhos, mas ainda somos humanos e sempre precisamos de ajuda com as crianças por inúmeros motivos. Há excelentes profissionais procurando por oportunidades de trabalho flexíveis e a nossa plataforma une essas pessoas”, finaliza o fundador e CEO da Sitly, Jules van Bruggen.

Leia também: 

Novo aplicativo de transporte atende apenas crianças e traz segurança para as mães

Meghan Markle e príncipe Harry quebram mais um protocolo para que Archie tenha uma vida “normal”

Google está desenvolvendo babá eletrônica que avisa os pais 10 minutos antes do bebê acordar

 

Fique por dentro do conteúdo do YouTube da Pais&Filhos: