Massagem no bebê: saiba como fazer e conheça os benefícios para mãe e filho

Colocar a massagem na rotina da família ajuda no fortalecimento de vínculos entre pais e filhos. Veja algumas dicas de ouro de como preparar esse momento de carinho e quais produtos usar

Resumo da Notícia

  • Inserir a massagem na rotina do bebê faz toda a diferença no dia a dia
  • Antes de começar a técnica, é importante manter um ambiente tranquilo para toda a família relaxar
  • A massagem shantala conecta os momentos entre pais e filhos

Quando o bebê chega em casa, a rotina muda e os cuidados precisam ser redobrados! Para um dia a dia mais aconchegante e tranquilo, a família pode investir nas massagens, que são repletas de benefícios para a criança. Além de fortalecer os vínculos, auxilia no desenvolvimento e melhora até mesmo a autoconfiança.

-Publicidade-

Seja após o banho ou próximo da hora de dormir, inserir a massagem leva apenas alguns minutos e faz toda a diferença! A dica é começar pela barriga e tórax, em seguida passar pelos braços e pernas e terminar nas costas. Para ajudar você nessa missão, separamos algumas sugestões para colocar esse hábito na rotina.

Preparando o ambiente

  • Deixe o local mais confortável para o bebê. Comece escurecendo o ambiente, deixando-o mais silencioso ou com sons da natureza
  • Fique de olho na temperatura, sem deixar o quarto frio ou quente demais
  • Em seguida, utilize uma superfície macia e confortável para apoiar a criança
  • Retire acessórios, como anéis e pulseiras, que podem machucar a pele do bebê
  • Separe todos os produtos que irá usar, como os óleos
  • Lave bem as mãos antes de começar a massagem no seu filho

Qual produto usar na hora da massagem?

Ao escolher os óleos e as loções, é importante observar a composição nos rótulos e saber se já passaram por testes dermatológicos. Pensando nisso, a Granado possui uma linha supercompleta para os cuidados com o seu filho. Os produtos são formulados com óleos vegetais e vitamina E, desenvolvidos especialmente para as peles mais sensíveis. Além disso, são dermatologicamente testados e livres de conservantes, corantes, óleo mineral e ingredientes de origem animal.

Óleo bebê lavanda (Foto: Divulgação)

Os óleos da Granado protegem e nutrem a pele do bebê. Estão disponíveis nas fragrâncias de lavanda, erva-doce e tradicional.

Como fazer massagem nas pernas e pés

De maneira suave, segure o tornozelo do bebê com uma das mãos e apoie a outra em cima da coxa, levando-a até o tornozelo. Nos pés, aperte gentilmente e faça pressões leves com o polegar e dedo indicador por toda a base e meio dos dedos.

Como fazer massagem na barriga

Com movimentos de vai e vem ou circulares, deslize as mãos suavemente por toda a barriga do bebê. A técnica auxilia em uma melhor digestão e no alívio das cólicas. Vale lembrar ainda que não é recomendado fazer massagens logo após amamentar, pois pode causar refluxos.

Como fazer massagem nas costas

Apoie o bebê próximo ao seu peito, como se estivesse em uma posição de abraço, e massageie as costas desde o pescoço até o bumbum. Deslize as mãos de cima para baixo ou realize movimentos circulares com pressões leves para deixar seu filho mais relaxado e tranquilo.

A família pode investir nas massagens, que são repletas de benefícios para a criança no dia a dia (Foto: Getty Images)

Como fazer massagem shantala no bebê

A massagem shantala pode trazer benefícios e efeitos muito positivos para o bebê, além de conectar os momentos entre pais e filhos. Essa técnica ajuda a aliviar o estresse e controlar o choro, deixando a criança mais tranquila. Antes de qualquer coisa, saiba que você não precisa ser especialista em massagens e nem transformar esse momento em uma obrigação. É mais uma oportunidade de agradar o bebê e transmitir cuidado, carinho e amor.

Passo a passo da shantala

  • Comece abaixo das costelas e massageie a barriga do bebê desenhando círculos com os dedos no sentido horário, isso ajuda na digestão
  • Coloque um óleo ou loção nas mãos e esfregue-as para aquecer o produto
  • Utilizando a mão inteira, massageie suavemente as coxas da criança, colocando uma leve pressão
  • Dobre as pernas e os joelhos com cuidado para empurrar levemente as coxas contra o corpo
  • Com o polegar, pressione suavemente cada dedo do pé, a sola e volte novamente para os dedos
  • Acaricie cada um dos dedos e use movimentos circulares para massagear os calcanhares.
  • Faça um anel com o polegar e o dedo médio em volta do braço do bebê.
  • Nas axilas, faça carinho descendo para os braços. Cuidado com os cotovelos do bebê!
  • No rosto, massageie delicadamente a testa, têmporas e a parte inferior do crânio
  • Passe o polegar e o dedo indicador nas sobrancelhas e pálpebras, passando para o nariz, bochechas e boca.
  • Finalize nas orelhas e regiões próximas

Os benefícios são para pais e filhos!

Durante o momento da massagem, a conexão e os vínculos entre pais e filhos são fortalecidos. Além disso, a família pode se beneficiar na prevenção de problemas do sistema gastrointestinal, como prisão de ventre e cólicas, que são muito comuns nos bebês, na melhora da tonicidade muscular do bebê e auxílio da sua circulação sanguínea. Esta prática deixará os pais mais tranquilos e confiantes.

Colocar a massagem na rotina aumenta a participação dos pais no desenvolvimento infantil, dedicando (ainda mais!) amor, carinho e afeto nos momentos especiais. Na ocasião, observe as reações do bebê, assim como suas emoções.