Mecônio: o que é, riscos e por que você precisa ficar de olho na saúde do seu filho

Quando as fezes do bebê são ligadas ao sofrimento fetal, é necessário ficar em alerta. Entenda mais sobre o assunto e tire as principais dúvidas com a especialista

Resumo da Notícia

  • Saiba o que é o mecônio
  • Entenda quando ele pode estar relacionado ao sofrimento fetal
  • Veja os sintomas logo após o nascimento

Durante a gravidez, fase tão especial para toda a família, é preciso ficar de olho em alguns sinais, principalmente quando o assunto é mecônio. Apesar do nome complicado, a situação ocorre quando o bebê libera as primeiras fezes, podendo ou não ser sinônimo de sofrimento fetal. Geralmente, isso significa que as contrações intestinais do embrião resultaram no relaxamento do esfíncter anal, fazendo com que ele saia pelo líquido amniótico.

-Publicidade-
É preciso ficar de olho quando o mecônio está ligado ao sofrimento fetal (Foto: Shutterstock)

Quando acontece pela maturidade fetal, pode ser relacionado ao bom funcionamento do intestino do bebê. Para tirar as principais dúvidas sobre o assunto, a Pais&Filhos conversou com a Dra. Carla Iaconelli, especialista em Reprodução Humana Assistida.

Mas afinal, o que de fato é o mecônio?

São as primeiras fezes do bebê, geralmente em coloração escura, esverdeada, espessa e viscosa. Logo nas primeiras 24 horas após o nascimento, as fezes são estimuladas pela amamentação e após o 3º dia, já é possível notar uma diferença de cor e consistência.

-Publicidade-

Síndrome de Aspiração Meconial

Acontece quando o recém-nascido ou embrião aspira o líquido meconial espesso ou particulado, podendo trazer diversos riscos à saúde do bebê. “Isso pode levar a falta de ar, tendo em alguns casos a necessidade de oxigenoterapia ou intubação orotraquial”, explica Carla Iaconelli. No caso do embrião, vale lembrar que o problema ocorre próximo do momento do parto. “A presença de mecônio no líquido amniótico é sinal de alerta”, reforça.

Sintomas

Logo após o parto, os especialistas podem notar sinais de taquipneia, roncos, coloração amarelo-esverdeada do cordão umbilical, do leito ungueal ou da pele. Nos exames de imagem, também é possível perceber a presença da líquido na orofaringe, laringe ou traqueia, ou até mesmo sintomas de pneumotórax, enfisema intersticial pulmonar e pneumomediastino.

Quais fatores aumentam a probabilidade do mecônio ainda na barriga da mãe?

  • Pré-eclâmpsia
  • Insuficiência placentária
  • Hipertensão materna
  • Oligodrâmnio
  • Abuso de drogas
Entenda os sintomas e as possíveis formas de tratamento (Foto: iStock)

COMEÇOU A BLACK FRIDAY!

A Black Friday da Amazon chegou! Para conferir os produtos com descontos incríveis em todas as categorias do site, clique AQUI! Aproveite também o cupom OUTLET30 e ganhe 30% off em itens selecionados clicando AQUI. Você ainda pode ter frete grátis e promoções exclusivas ao se tornar um membro Prime! A assinatura é de apenas R$ 9,90 por mês e também garante entrega mais rápida, acesso a filmes, séries e desenhos animados. Inscreva-se e ganhe 30 dias grátis CLICANDO AQUI.

Tratamento

Assim que o problema é percebido, o bebê geralmente não consegue respirar sozinho. Portanto, é importante que os médicos retirem possíveis secreções do nariz, boca e pulmões, além de medicamentos específicos para aumentar as trocas gasosas.

De acordo com a especialista, quando ocorre a Síndrome de Aspiração Meconial é importante que o bebê seja avaliado por um pediatra ainda na sala de parto. “É sempre necessário que seja visualizada a necessidade de intubação, ventilação, ou oxigenoterapia quando preciso. Se o bebê necessitar de aspiração, é realizado na traqueia, mas vale lembrar que a manipulação do recém-nascido deve ser a mínima possível”, conclui.

O 10º Seminário Internacional Pais&Filhos – Quem Ama Cria está chegando! Ele vai acontecer no dia 1 de dezembro, com oito horas seguidas de live, em formato completamente online e grátis. E tem mais: você pode participar do sorteio e ganhar prêmios incríveis. Para se inscrever para os sorteios, ver a programação completa e assistir ao Seminário no dia, clique aqui!