Meghan Markle não usa título real na certidão de nascimento da caçula com Príncipe Harry

A Duquesa de Sussex assinou os documentos da filha Lilibet Diana com seu nome de batismo. Harry acabou optando por manter o título real na certidão

Resumo da Notícia

  • Meghan Markle opta por não usar título real na certidão da recém-nascida Lilibet Diana
  • Harry por sua vez, manteve suas ocupações reais no registro
  • A bebê é o segundo filho deles, que já são pais de Archie

Meghan Markle e Harry aumentaram a família com a chegada da recém-nascida Lilibet Diana, nascida no dia 4 de junho de 2021, no Hospital Santa Barbara Cottage, na Califórnia. A duquesa entretanto, não utilizou seu título real para registrar a filha, diferente de seu primogênito Archie de dois anos.

-Publicidade-

A revista americana People teve acesso aos documentos nesta última terça-feira, 6 de julho e mostrou que a duquesa de Sussex utilizou apenas o nome de batismo “Rachel Meghan Markle” na certidão de Lilibet. Porém, seu primeiro filho Archie, nascido no Reino Unido em 2019, teve seus documentos assinados por ela como “Rachel Meghan, Sua Alteza Real, a Duquesa de Sussex”.

Meghan compartilhou fotos da recém-nascida Lilibet Diana, nome dado em homenagem a falecida mãe de Harry, a Princesa Diana (Foto / Reprodução / PortalT5)

O príncipe por outro lado, usou “Duque de Sussex” como primeiro nome e “Sua Alteza Real” como último ao registrar a filha. A certidão de Lili, não obriga que os pais coloquem suas ocupações. O documento de Archie , por outro lado, levava o nome de Príncipe do Reino Unido para Harry e de Princesa para Meghan, mesmo ela não tendo recebido esse título quando se casou com o neto da Rainha Elizabeth em 2018.

Entenda o caso dos títulos reais

O duque e a duquesa renunciaram de seus cargos na Realeza Britânica em 2020. Eles fizeram um acordo com a monarca do Reino Unido de manter seus títulos de “Sua Alteza Real”, embora tenham se comprometido a não utilizar mais. Seus títulos ligados ao ducado de Sussex também foram mantidos, no entanto desde da mudança do casal para os Estados Unidos, onde passaram a atuar em projetos audiovisuais para plataformas de streamings eles se apresentam geralmente apenas como “Meghan e Harry”.