Menino de 1 ano e 3 meses vence coronavírus após 4 reinternações

O garoto nasceu prematuro e precisou ficar hospitalizado por complicações cardiorrespiratórias. Recentemente ele foi internado com covid-19, mas conseguiu superar mais essa batalha

Resumo da Notícia

  • Garoto de 1 ano e 3 meses vence o coronavírus
  • Prematuro, ele já havia passado por 4 reinternações
  • Os profissionais da saúde comemoraram a alta com muitos aplausos
  • Conheça a história da família
Garoto de 1 ano e 3 meses vence o coronavírus (Getty Images)

Francisco Bernardo Cid Lopes é um verdadeiro exemplo de superação e força no meio da pandemia. Com apenas um ano e três meses, o garoto conseguiu vencer a doença e voltou para casa depois de longos dias no hospital.

O menino ficou internado no Hospital Regional Norte – HRN, onde teve alta na terça-feira, 12 de maio, sob os aplausos dos profissionais de saúde. Luana Cid, mãe do garoto, mora no Rio de Janeiro e foi até o Ceará no dia 20 de abril para morar com a família.

Segundo informações da Prefeitura de Sobral, essa não é a primeira vez que Francisco venceu uma batalha nos hospitais. O garoto nasceu prematuro e precisou passar por quatro reinternações devido a complicações cardiorrespiratórias. Justamente por esses fatores, a vitória de Francisco foi muito comemorada pela família e pelos profissionais que acompanharam de perto a evolução do quadro do garoto.

View this post on Instagram

Com apenas um ano e três meses de vida, Francisco Bernardo Cid Lopes venceu o coronavírus. A criança, que estava internada no Hospital Regional Norte (HRN), recebeu alta na última terça-feira (12/05) e deixou a unidade sob os aplausos da equipe. . Bernardo e a família puderam voltar para casa, na cidade de Hidrolândia, a 118 km de Sobral. De acordo com Luana Cid, mãe da criança, eles moravam no Rio de Janeiro e chegaram ao Ceará no dia 20 de abril para morar próximo à família. “Muito complicado ver meu filho hospitalizado porque ele já foi internado algumas outras vezes e a gente fica apreensiva, angustiada. Na mentalidade de uma mãe, o medo é que seu filho não sobreviva. Tomei um susto, mas agradeço porque ele recebeu um bom atendimento”, ressalta Luana Cid. . Nascido prematuro de 27 semanas, o bebê passou por quatro reinternações em razão de complicações cardiorrespiratórias. No dia 30 de abril, mais uma vez a criança precisou ser internada. Desta vez, por ter sido diagnosticada com coronavírus. O histórico de saúde do Bernardo torna ainda mais incrível sua vitória sobre a Covid-19.

A post shared by Prefeitura de Sobral (@prefeituradesobral) on

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!