Mulher dá à luz sem saber que estava grávida durante um passeio de barco

Mãe que não sabia que estava grávida, entrou em trabalho de parto durante a noite, em um passeio de barco com o marido nos Estados Unidos

Resumo da Notícia

  • Christina deu à luz a um bebê sem ter conhecimento da gravidez em um passeio de barco com o marido
  • A mulher ficou em trabalho de parto sozinha durante três horas
  • Matt, o marido, acordou com os gritos e chamou uma equipe médica para ajudar até o nascimento do filho

Christina, norte-americana, de 36 anos, entrou em trabalho de parto sozinha durante a madrugada, sem saber que estava grávida. A mulher estava em um passeio de barco com o marido, e enquanto dormia, sentiu uma dor na região do abdômen. Acreditando ser uma cólica menstrual, retornou para a cama. No entanto, a dor intensificou, e foi até a parte de trás do barco, onde ficou por três horas.

-Publicidade-

Christina e Matt, pais que tiveram um bebê sem saber da gravidez da mãe Christina e Matt, pais que tiveram um bebê sem saber da gravidez da mãe (Foto: Reprodução / The Sun)

“Matt ainda estava dormindo naquele momento, então eu fui para a parte de trás do barco porque pensei que ia vomitar”, relatou Christiana ao canal TLC, se referindo ao marido. “Sentei-me e coloquei os pés na água. Eu não estava tão enjoada, mas a dor ainda estava lá. Comecei a me sentir um pouco tonta, de tanta dor. Além do medo de desmaiar e cair do barco”, continuou.

A situação começou a ficar preocupada, quando ela decidiu voltar para onde estava o marido e notou que sangrava entre as pernas. “Eu sabia que não era mais a minha menstruação”, afirmou. “Toquei lá embaixo e pude sentir algo, parecia um borracha, ou algum órgão estava saindo do meu corpo que não deveria estar saindo”. Por conta da intensidade da dor, a mulher permaneceu agachada, por não conseguir s

“Eu estava tentando acordar o Matt. Pude vê-lo de onde estava, gritei, mas ele não me ouviu. Naquele momento, eu estava com muito medo. “Eu gritava muito, mas o lugar estava desolado”. Após três horas nessa situação, o marido acordou e correu para ajudá-la. “Achei que fosse uma hemorragia interna grave. Eu estava com medo do que poderia ser”, relatou Matt, que ligou para a emergência.

De acordo com Tiffany McGugan, paramédica que analisou a situação da mãe, no princípio, acreditavam ser um prolapso de útero, que é quando o útero acaba ficando mais baixo que o normal, ocasionando o enfraquecimento dos músculos que mantém os órgãos da pelve na posição certa. No entanto, examinando de forma mais detalhada, informaram que ela estava em trabalho de parto. “Ouvi um choro e olhei para cima. Havia um bebê lá”, informou o pai. Apesar da surpresa, os pais ficaram felizes pela chegada do filho.