Pesquisadores brasileiros criam leite humano em pó e ganham Prêmio Péter Murányi 2020

O leite humano em pó pode ajudar vários bebês a continuarem a beber leite materno até 6 meses e dispensar as fórmulas infantis

Resumo da Notícia

  • Pesquisadores brasileiros criam o leite humano em pó
  • Foram os vencedores do Prêmio Péter Murányi 2020
  • Essa descoberta pode ajudar vários bebês a continuarem a beber leite materno até 6 meses e dispensar as fórmulas infantis
  • O prêmio será entregue em abril as pesquisadores, sendo um deles uma mulher

 

-Publicidade-
(Foto: reprodução/ Getty Images)

Uau! Pesquisadores brasileiros criaram leite humano em pó e ganham prêmio de primeiro lugar na 19ª edição do Prêmio Péter Murányi.O leite em pó humano foi desenvolvido no programa de Programa de Pós-Graduação em Ciência de Alimentos da Universidade Estadual de Maringá (UEM).

Ele tem a mesma qualidade, sabor, quantidade de nutrientes e prazo de validade maior que o leite em pó tradicional. Vanessa Bueno Javera Castanheira e Jesuí Vergílio Visentainer foram os responsáveis pela descoberta. O prêmio será entregue em abril.

-Publicidade-

Segundo o site SóNotíciaBoa, os pesquisadores acreditam que o produto em pó tem condições de atender à demanda reprimida dos bancos de leite materno, que trabalham com o produto pasteurizado e congelado, e vivem com problema de falta de estoque.

Isso permitiria aumentar o número de bebês de até seis meses de idade que se alimentariam com leite materno e não fórmulas infantis. Incrível, não é?

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

    -Publicidade-