Bebês

Presidente da Câmera amamenta bebê durante sessão na Nova Zelândia e foto viraliza

A criança tem 6 semanas e é filho de um dos membros do parlamento

Letícia Vaneli

Letícia Vaneli ,filha de Alcides e Eugênia

(Foto: Reprodução/Twitter)

Durante a tarde desta quarta-feira, 21 agosto, uma sessão do parlamento da Nova Zelândia viralizou nas redes sociais. Brigas e discussões entre colegas de trabalho?Nada disso! O fato se deve porque o presidente da câmera, Trevor Mallard, dirigiu a reunião dando de mamar e ninando o filho de 6 semanas do membro, Timati Coffey, que retornou da licença paternidade.

Mallard, presidente da Câmera desde 2017, registrou o momento na sua conta do Twitter, compartilhando fotos do ocorrido e parabenizando os pais de primeira viagem. “Geralmente, apenas representantes sentam na cadeira, mas hoje um convidado VIP sentou comigo. Parabéns Timati Coffey e Tim pelo novo membro da família“, brincou.

Gareth Hughes, também parlamentar, nao deixou o momento passar e publicou uma foto segurando o bebê. “Adorável ter um bebê na Casa”, escreveu em legenda.

O bebê tem apenas 6 semanas e nasceu em julho por barriga de aluguel. Coffey é casado com o apresentador Tim Smith e em entrevista para afirmou em entrevista para Newshub que a presença dos filhos de líderes não atrapalham as reuniões, muito pelo contrario, a companhia é muito benéfica. “Bebês acalmam os ânimos no parlamento e eu acho que precisamos mais deles ao redor para nos lembrarmos o real motivo de estarmos aqui”, disse.

Não é a primeira vez que um bebê acompanha os pais durante o trabalho. Além da a parlamentar Willow-Jean Prime que amamentou o seu bebê durante reunião no parlamento, Jacinda Arden, Primeira Ministra do país, levou o seu filho para a reunião anual das Nações Unidas. Arden é a segunda líder mundial que deu à luz enquanto eleita.

“Eu equilibro o meu papel como mãe e também como líder e isso é internamente possível”, disse Jacinda.

Leia também:

Deputada Argentina amamenta em sessão do Congresso 

Senadora amamenta filha durante sessão no Parlamento

Mãe recebe indenização por não ter pausa para amamentação no trabalho