Bebês

Recém-nascidos não devem ficar mais de 1 hora seguida no bebê conforto: evite riscos de morte

A Associação Americana de Pediatria emitiu um alerta sobre o assunto

Jennifer Detlinger

Jennifer Detlinger ,Filha de Lucila e Paulo

Para garantir a segurança, existe um tempo limite para viagens de carro com o bebê conforto (Foto: iStock)

Bebê conforto no carro é sinônimo de segurança. Essencial para garantir a segurança durante as viagens em família, ele deve ser prioridade. Mas o problema é que, se usado por um longo período, pode oferecer riscos aos bebês com poucos meses de vida.

No último mês, a Associação Americana de Pediatria emitiu um alerta sobre o assunto e afirmou que “contraindica o uso de carrinhos de bebê, assentos de carro e outros tipos de dispositivo para o sono, pelo risco de que o bebê role ou fique preso em uma posição que leve ao risco de sufocamento ou asfixia”. Outra preocupação também é a síndrome da morte súbita infantil, que acontece principalmente durante o sono, nos seis primeiros meses de vida do bebê.

Por isso, existe um tempo limite para viagens de carro com o bebê conforto. Os recém-nascidos não podem ficar mais de uma hora seguida no bebê conforto. Para as crianças maiores, a recomendação é parar de 2 em 2 horas por 15 minutos e tirá-la do carro para que ela consiga se movimentar, durante viagens mais longas.

Como instalar o bebê conforto corretamente

Uma das principais dúvidas é sobre a idade máxima que a criança pode ficar no bebê conforto, ou seja, quando precisa ir para a cadeirinha. Nós te damos a resposta: de 0 aos 13 kg seu filho precisa ficar no bebê conforto. Pesquisamos tabelas de peso e idade e a média é que uma criança de 13 quilos tenha entre 1 e 2 anos, mas isso varia bastante. Por isso, quem tem que prestar atenção nesses detalhes é você. Se o seu filho tem entre 9 a 13kg, ele pode ficar no bebê conforto ou na cadeirinha, depende da estrutura corporal da criança.

Posição correta

O bebê conforto pode ir no banco da frente apenas em casos excepcionais, na maioria deles o recomendável é que seja no banco traseiro. Caso você tenha uma caminhonete, por exemplo, se enquadra na exceção: os pais podem usá-lo no banco da frente, mas de costas para o movimento, sempre. Nunca coloque o bebê conforto de frente, é sempre de costas. Isso deve ser feito porque o bebê conforto é desenvolvido para crianças menores, andando na posição correta as costas e o pescoço ficam mais protegidos em caso de algum impacto.

Leve em consideração a altura, pois a metade da cabeça da criança não pode ficar para fora do bebê conforto e os pés não podem ficar muito encolhidos. Mas lembre-se, os fabricantes recomendam que os pais deixem a criança de costas o maior tempo possível.

Leia também:

Bebê conforto: passo a passo para instalar no carro com segurança e sem neura

Segurança sempre! Risco de morte de criança sem cadeirinha é de 75% em acidentes

Cadeirinha do carro: 4 erros mais comuns na hora de usar