Tudo sobre colônias e perfumes para crianças: a partir de quando usar e quais os mais indicados

Saiba as principais diferenças entre os dois produtos, dicas para uma maior durabilidade e como devem ser aplicadas na pele do seu filho

Resumo da Notícia

  • Veja como ambos devem ser usados na pele do seu filho
  • O momento entre pais e filhos vão fortalecer ainda mais os vínculos da família
  • Saiba em qual fase você pode começar a usar os produtos

Quando o bebê chega em casa, é muito difícil resistir ao cheirinho dele, que passa uma sensação de conforto e aconchego durante essa nova fase (tão especial!) da família. Apesar de sempre querermos dar todo o cuidado possível, é importante ficar de olho em quais produtos podem ou não ser usados na pele do seu filho, sem o risco de desenvolver alergias. Quando o assunto são os perfumes e colônias, veja qual é o mais adequado e em que fase usar cada um deles. 

-Publicidade-
Os momentos entre pais e filhos vão fortalecer ainda mais o vínculo da família (Foto: Getty Images)

Quando posso usar perfumes no meu filho?

No caso dos perfumes, por geralmente terem um cheiro mais forte, é recomendado o uso apenas a partir dos dois anos de idade. Neste período, é quando os bebês desenvolvem uma maior resistência aos fatores externos, não deixando-os tão vulneráveis a eles. Em casos de alergias, é muito importante suspender o uso imediatamente e procurar um especialista quando necessário.

E as colônias?

Como uma alternativa mais suave, dependendo da composição é permitido o uso já em recém-nascidos. Apesar das diversas opções, nesta primeira fase opte por cheiros delicados, como fragrâncias florais ou ainda de lavanda. Na hora de guardar, fique de olho e escolha sempre um lugar seco e longe da luz do sol, permitindo uma maior durabilidade, além de proteger a pele do bebê de possíveis alergias.

-Publicidade-
Com a composição mais suave, algumas colônias podem ser usados por recém-nascidos (Foto: Getty Images)

Como eles devem ser aplicados?

Em ambos os casos, você pode passá-los logo após o banho quando a pele do bebê ainda estiver úmida. Isso aumenta a durabilidade do cheiro, mas nada de abusar na quantidade! Na hora de aplicar, coloque um pouco da fragrância em suas mãos e espalhe delicadamente pelo corpo do bebê. Caso não queira passar o produto diretamente na pele do seu filho, você pode optar por pingar algumas gotas na roupa dele.

Quais são os mais indicados?

Escolha sempre as colônias e perfumes livres de álcool e dermatologicamente testadas por pediatras. Opte por cheiros suaves e frescos, que além de delicados não irão incomodar o seu filho ao longo do dia. 

A versão tradicional, camomila e de lavanda vão deixar seu filho ainda mais cheiroso! (Foto: Divulgação)

O que usar?

Pensando em uma alternativa mais natural (e segura!) para ser usada por qualquer faixa etária, inclusive nos recém-nascidos, a Colônia Bebê, da Granado, é uma ótima opção. Deixando o seu filho com um cheiro aconchegante e delicado, as notas frescas foram especialmente desenvolvidas para refrescar e perfumar as peles mais sensíveis. Além de ser livre de álcool, ela não possui corantes, parabenos e ingredientes de origem animal. Pode ser encontrado na versão tradicional, de camomila, ou de lavanda. 

-Publicidade-