Com que roupa eu vou?

Entenda como o carnaval pode fortalecer a autoestima do seu filho

O Carnaval pode ser ótima oportunidade para autenticidade do seu filho (iStock)

O Carnaval é, a meu ver, a data comemorativa brasileira que mais combina com meu lema: “leveza & criatividade“. Não deve ter sido à toa que eu nasci bem nessa época! (Risos). Mas já que estamos falando de educação de nossas crianças, preparei dois textos exclusivos para minha coluna aqui com objetivo de te apresentar como o Carnaval pode ser um maravilhoso recurso pedagógico. Ou seja, como você pode aproveitar esta festividade para fortalecer os vínculos com seus filhos e ensiná-los valores fortes.

No texto de hoje vamos falar sobre “Fantasia e Autoestima”. Para isso, começo com uma pergunta: você já sabe do que seu filho (a) vai se fantasiar neste Carnaval?

Independente da idade dele (independente mesmo) quero te fazer um convite: deixe que ele (a) próprio escolha sua fantasia. Mais que isso, permita que ele (a) possa escolher livremente, sem ouvir seus pré-julgamentos e antes que ele olhe a sua volta e veja que meninas estão indo de unicórnio ou arco-íris e os meninos de super-heróis ou PJMasks.

O Carnaval é uma excelente oportunidade de acolhimento e valorização da autenticidade de nossas crianças. Isso passa por aceitar TUDO o que elas querem ser (ou se transformar) nesta ocasião. Ainda que sua filha queira se vestir de unicórnio ou seu filho de homem-gato e você seja uma pessoa como eu (que não gosta de nada muito clichê) nosso exercício é ACEITAR  e RESPEITAR. A questão é que, toda vez que uma criança escolher algo semelhante ao que a maioria escolheu, será naturalmente mais difícil saber se ela foi autêntica mesmo ou não. E já que autenticidade é um valor forte e concretamente relacionado à nossa capacidade de sentir alegria e felicidade, vale observar como ela está se desenrolando na vida de nossos filhos, né? E a oportunidade carnavalesca é ótima para isso!

Aproveite a data para dar asas à imaginação do seu filho! (Foto: Getty Images)

 Sendo assim, é nosso dever como educador abrir um leque de opções de fantasias que, num primeiro momento, excluem as opções mais lugar-comum. Assim, estaremos conscientemente dando espaço para uma manifestação mais autêntica de nossas crianças. Quando a criança tem permissão de expressar um desejo autêntico e se percebe ACEITA dessa forma por um adulto, o vínculo entre eles se fortalece. Não só isso, a autoestima da criança desenvolve-se enquanto apreende a crença construtiva de que “eu sou amado incondicionalmente”, configurando uma auto-imagem (imagem que temos de nós mesmo) positiva.

Autoestima e vínculos fortemente construídos com seus familiares são os dois principais fatores que previnem nossas crianças de sofrerem crises profundas de depressão na adolescência, na vida adulta ou até mesmo ainda na própria infância. 

Foi pensando nisso, aliás, que desenvolvi as cartas do “Meu Carnaval Autêntico, Leve&Criativo” que estão disponíveis para download gratuito neste link e cujo objetivo é ajudar os adultos a propiciarem um momento de liberdade criativa para as crianças a fim de nutrir sua autenticidade! Funciona assim: você pode imprimir as cartas ou simplesmente mostrá-las em formato digital para a criança. Antes de começar, você lê as instruções em voz alta para aguçar a imaginação e evocar a autenticidade. Em seguida, é só deixar que ela escolha a imagem que melhor representa o que ela quer ser neste carnaval! Nestas cartas também existem dicas práticas para que você e a criança coloquem a mão na massa e confeccionem a própria fantasia!

Eu vou praticar essa atividade com meus filhos por aqui e vou compartilhar com vocês neste sábado, através do meu TakeOver nos stories do perfil oficial da Pais&Filhos. Fica ligado que estou programando outras dicas muito especiais pra vocês neste carnaval! Te espero por lá!