Existem 4 perfis de empreendedora: qual é o seu?

A máxima “conhece-te a ti mesmo” vale para todas as áreas da vida, inclusive quando você comanda seu próprio negócio

Conhecer suas qualidades e oportunidades de melhoria é fundamental para levar seu negócio ao rumo que condiga com seus valores – e, claro, ao sucesso. Por isso, quero te fazer um convite.

Conheça os quatro perfis de empreendedoras e descubra qual deles você faz parte (Foto: Getty Images)

Uma pesquisa do Serasa Experian mostrou que existem quatro perfis dominantes entre os microempreendedores: Malabarista, Realizador, Autônomo e Arrojado. Eles chegaram neste resultado por meio da pesquisa Perfil Nacional do Empreendedor da Serasa Experian, feita com 448 microempreendedores no País. Qual será o seu perfil? Leia e identifique-se – se precisar, peça ajuda!

Malabarista

Se você se descobriu empreendedora por acaso – seja porque perdeu o emprego, precisou complementar a renda ou descobriu uma habilidade ou hobby –, este pode ser o seu caso. Este grupo também é chamado de “empreendedores acidentais” e representa 37% dos microempreendedores, fazendo deste o maior grupo.

Qualidades: otimistas e corajosos para enfrentar o desconhecido, com foco na qualidade de entrega e grande identificação com seu negócio, se dedicando de corpo e alma.

Oportunidades de melhoria: que tal caprichar na gestão financeira? Você, provavelmente, só passou pela escola da vida e aprendeu a empreender na prática. Seu principal desafio será terminar o mês no azul.

Realizadores

O grupo mais escolarizado de todos responde por 25% dos microempreendedores, que abriram seus negócios depois de muita pesquisa. Buscam crescer de forma estruturada e sustentável.

Qualidades: planejamento e pesquisa são as chaves para este grupo. Cada passo é programado, cada risco é calculado. Este perfil sempre procura diferenciais para seu negócio.

Oportunidades de melhoria: talvez o excesso de planejamento faça com que estes empreendedores tenham mais dificuldade para assumir riscos e ampliar o horizonte de crescimento do negócio. Se for o seu caso, lembre-se, é preciso entender o equilíbrio entre risco e retorno.

Autônomos

São chamados de “empreendedores só no papel” porque não se consideram empreendedores – apenas se formalizaram para prestar serviços como Pessoa Jurídica, o que inclui emitir notas. Por isso, seus objetivos envolvem manter seus clientes e garantir a renda mensal, sem pretensão de investir no negócio.

Qualidades: conhecem bem seu negócio graças à experiência adquirida, assim como seus clientes e os demais aspectos do seu universo.

Oportunidades de melhoria: por que não adicionar uma perspectiva de crescimento ao seu horizonte? Se você se identificar com esse perfil, fica o questionamento: ficar onde você está é uma opção ou você quer crescer mais?

Arrojados

Sabe aquela pessoa que você sente que nasceu para ter seu negócio? São os arrojados – também chamados de “empreendedores natos” –, que muitas vezes sonham em ter a própria empresa desde pequenos. Este é o perfil mais ousado – e raro – de todos, tendo o dinheiro como medida de sucesso.

Qualidades: sua vocação empreendedora fala tão alto que, mesmo caso não dê certo de primeira, sempre haverá uma nova tentativa. São pessoas muito focadas e sempre em busca de novas oportunidades.

Oportunidades de melhoria: a natureza impetuosa abre este perfil a tomar riscos – às vezes, até demais. Desta forma, o desafio aqui é encontrar o equilíbrio entre grandes passos e cuidado. Pondere sempre!